Novo embate

Advogados de Lula estudam processar João Doria sobre fala de “visita na prisão”

Vale destacar que o ex-presidente já apresentou outra interpelação criminal contra o prefeito eleito de São Paulo na Justiça em abril

SÃO PAULO – Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estudam entrar com medidas judiciais contra o prefeito eleito de São Paulo, João Doria, informa a colunista Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo. 

No último domingo, rebatendo à fala de Lula que o comparou a Fernando Collor e o chamou de aventureiro, Doria afirmou: “estou numa noite de paz, mas Lula sabe que, em algum momento, vou visitá-lo em Curitiba. Farei minha homenagem a ele”. O tucano também afirmou que levaria chocolates e até um cisne de presente para o petista. 

Vale destacar que o ex-presidente já apresentou outra interpelação criminal contra Doria na Justiça em abril, quando ele afirmou que o petista deveria participar da campanha municipal em São Paulo “antes de ser preso”. Em sua defesa, o tucano afirmou que “jamais teve a intenção de ofender a honra do ex-presidente da República ou de ridicularizá-lo”. A disputa foi encerrada na ocasião. 

PUBLICIDADE