Confiante

“Acredito em voto casado entre mim e Dilma”, acredita Padilha

O candidato ao governo de São Paulo pelo PT disse estar confiante para passar ao segundo turno; depois de votar, petista foi para São Bernardo do Campo acompanhar o voto de seu padrinho político Lula.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ainda que as pesquisas o coloquem na terceira colocação, Alexandre Padilha, candidato ao governo de São Paulo pelo PT, afirmou estar confiante de que passará ao segundo turno. 

“A pesquisa que vale é a da urna. Acredito em voto casado nessa eleição”, disse o ex-ministro, acrescentando que espera que os eleitores de Dilma Rousseff optem pelo nome dele para assumir o comando do Palácio dos Bandeirantes. No estado de São Paulo, Dilma detém 28% das intenções de voto, de acordo com a última pesquisa feita pelo Ibope.

O petista voltou a criticar o governador Geraldo Alckmin (PSDB), candidato à reeleição e disse que o tucano fugiu do debate. Depois de votar, o postulante foi para São Bernardo do Campo acompanhar o voto de Luiz Inácio Lula da Silva, seu padrinho político. 

PUBLICIDADE