Ações de mineradoras têm forte alta, com aposta em fim da “super taxa” na Austrália

Partido governista não consegue maioria absoluta das cadeiras no parlamento e pode ceder espaço à coalizão oposicionista

SÃO PAULO – As ações das mineradoras australianas BHP Billiton e Rio Tinto operam em forte alta nas negociações em Londres, em meio a expectativas de que a “super taxa” proposta pelo partido trabalhista seja derrubada, após resultado eleitoral elevar incertezas sobre quem comandará o governo.

Durante o último final de semana, foram realizadas as eleições mais acirradas para o parlamento australiano dos últimos 50 anos, de acordo com agências internacionais.

As incertezas sobre quem liderará o governo da Austrália aumentam as chances de que o Partido Trabalhista não tenha força suficiente para impor a chamada “super taxa” sobre os lucros das mineradoras, o que impulsiona os papéis de companhias como a Rio Tinto e a BHP Billiton nas negociações em Londres, com ganhos de, respectivamente, 1,8% e 2,2%.

PUBLICIDADE

Complicações
Para conquistar a maioria absoluta, um partido precisa conseguir ao menos 76, das 150 cadeiras da câmara baixa. Liderados pela premiê Julia Gillard, os trabalhistas no governo asseguraram 73 lugares.

Com isto, o mercado aposta na formação de uma coalizão da minoria, formada pelo partido conservador e candidatos independentes, além de alguns membros do Partido Verde. As negociações, entretanto, devem estender-se ao longo da semana e o resultado ainda é incerto.