Satisfeito?

“Acho razoável”, diz FHC sobre salário de R$ 22 mil que recebe da USP

Ele ainda disse que não recebe acima do teto, mesmo com um salário de R$ 22.150,94 mensais - acima dos R$ 20.662,00 que recebe o governador Geraldo Alckmin

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Nesta segunda-feira (24), o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmou que a aposentadoria que recebe da USP (Universidade de São Paulo), no valor de R$ 22,1 mil – acima do limite da constituição paulista -, é “razoável”. FHC está entre os quase 2 mil servidores da instituição e que recebem mais que o teto estabelecido.

O ex-presidente ganha como professor catedrático da USP e se aposentou em 1968, quando tinha 37 anos, durante a ditadura militar. “Todo mundo reclama de salário e acha que seu salário é baixo”, afirmou FHC em um seminário nesta manhã. “O meu é razoável”, completou. Ele ainda disse que não recebe acima do teto, mesmo com um salário de R$ 22.150,94 mensais – acima dos R$ 20.662,00 que recebe o governador Geraldo Alckmin.

“Comparado com o que se ganha no setor privado, aí significa muito, porque a aposentadoria do INS é muito baixa”, afirmou ele. “Não é da USP que é alta. O outro [INSS] que é baixo”, completou o ex-presidente. De acordo com FHC, essa diferença entre os valores se deve “ao passado”, sendo que “decisões judiciais criam uma certa disparidade”.

PUBLICIDADE