Vaga no STF

Abaixo-assinado contra Alexandre de Moraes no STF ultrapassa as 300 mil assinaturas; sabatina no Senado começa às 10h

Indicado de Temer para o STF enfrenta resistências de colegas e foi alvo de protestos na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A sabatina de Alexandre Moraes no Senado, que começa às 10h desta terça-feira (21), se dará em meio a fortes manifestações contrárias do meio jurídico. Indicado do presidente Michel Temer para a vaga de Teori Zavascki no STF (Supremo Tribunal Federal), ele enfrenta resistências de colegas e foi alvo de protestos na noite desta segunda-feira no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília.

Juristas questionaram sua trajetória acadêmica, a legitimidade de suas obras – após reportagem da Folha de S.Paulo revelar que ele plagiou um trecho de um de seus livros de um autor espanhol. O abaixo-assinado online contra a indicação do ministro licenciado da Justiça ao STF (Supremo Tribunal Federal) reuniu mais de 300 mil assinaturas. A petição, que pode ser acessada neste link, começou em 7 de fevereiro, apenas um dia após o presidente Michel Temer anunciar a escolha do ministro licenciado da Justiça.

A petição foi organizada pelo Centro Acadêmico da Faculdade de Direito da USP (Universidade de São Paulo), onde Moraes concluiu a graduação em 1990 e o doutorado em 2000. 

PUBLICIDADE