Culpando o "fica em casa"

A apoiadores, Bolsonaro culpa isolamento por alta no preço dos alimentos

"A política do fica em casa, feche tudo, que destruiu milhões de empregos, a consequência está aí", disse o presidente

O presidente Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)

O presidente da República, Jair Bolsonaro, responsabilizou a “política do fica em casa” pela alta do preço dos alimentos ao responder a apoiadores, no Palácio do Alvorada, nesta segunda-feira, 15.

“A política do fica em casa, feche tudo, que destruiu milhões de empregos, a consequência está aí. Imagine se o homem do campo tivesse ficado em casa, não teria alimento para ninguém. Agora, todo mundo é responsável, quem é que está com essa política do fica em casa? Não sou eu”, disse.

A declaração foi dada a apoiadores no Palácio da Alvorada e o vídeo da conversa divulgado nas redes sociais por um canal bolsonarista.

Antes de responder a essa pergunta, Bolsonaro citou as manifestações do domingo, quando manifestantes fizeram carreatas e atos a favor dele e contra as medidas restritivas em várias cidades do País, em pleno período de crescimento preocupante das mortes pela covid-19.

“Estou vendo que vocês estão com a roupa que estavam nas ruas antes”, disse Bolsonaro, para depois completar na sequência: “Tudo o que for legal fazer, eu farei. E brevemente, teremos as consequências do que está acontecendo.”

Receba o Barômetro do Poder e tenha acesso exclusivo às expectativas dos principais analistas de risco político do país
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.