RADAR INFOMONEY Ações da WEG disparam 137% no ano e Bolsa segue de olho em impasse do pacote de estímulo nos EUA

Ações da WEG disparam 137% no ano e Bolsa segue de olho em impasse do pacote de estímulo nos EUA

UM BRASIL

“A abundância faz o Brasil ser ‘folgado’”, diz Paulo Delgado

Política, representatividade e cultura da corrupção são alguns dos temas da entrevista do cientista político e sociólogo Paulo Delgado a UM BRASIL

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A despeito das interpretações de muitos sociólogos de que o brasileiro cultua o chamado “jeitinho”, talvez um dos principais fatores geradores de problemas para o país seja, paradoxalmente, a abundância. Essa é uma das provocações feitas pelo sociólogo e professor Paulo Delgado, entrevistado por UM BRASIL. Neste programa, o especialista debate com Humberto Dantas sobre política, representatividade, democracia, cultura da corrupção dentre muitos outros assuntos.

“A abundância faz o Brasil ser folgado”, disse o sociólogo em em entrevista a UM BRASIL. “Acho que o Brasil tem uma cultura de abundância, de facilidade. A ideia de que ‘aqui se plantando tudo dá’ é verdade. Não há país no mundo que tenha o calendário solar que o Brasil tem. Não há país no mundo que tenha a quantidade de água doce que o Brasil tem. Agora, por que uma seca no Nordeste não é abastecida pelo Rio Amazonas? Aí, não é um problema do ‘jeitinho’, mas de falta de ‘jeitinho'”, complementou.

Sociólogo, pós-graduado em Ciências Políticas, e professor Universitário, Paulo Delgado foi deputado federal por seis mandatos a partir da Constituinte iniciada em 1987. Também atuou como coordenador da delegação brasileira junto à Convenção das Nações Unidas sobre mudanças climáticas (Eco 92), no Rio de Janeiro, e como delegado brasileiro na conferência de Kyoto – Japão. Foi Presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados, Vice-presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional. Delgado também foi presidente do Grupo Brasileiro do Parlamento Latino Americano. É autor da Lei da Reforma Psiquiátrica Brasileira e da Lei das Cooperativas Sociais, além de membro da Ordem do Rio Branco – Itamaraty – e Chanceler da Ordem do Mérito Nacional da França. Hoje, atua como conferencista e consultor nas áreas educacional, empresarial, trabalhista e política.

Aprenda a investir na bolsa

Assista à íntegra do programa:

Nova parceira do InfoMoney, UM BRASIL é uma plataforma multimídia com mais de 100 entrevistas com grandes nomes dos meios acadêmico, intelectual e empresarial. O objetivo é promover uma entrevista gravada por semana na InfoMoneyTV e também entrevistas ao vivo com grandes personalidades do País. Os programas acontecem às quartas-feiras, a partir das 14h (horário de Brasília).