Eleições 2016

8 capitais têm resultados definidos em 1º turno e 18 terão 2º turno dia 30; confira

Confira o resultado das eleições nas principais capitais do Brasil

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A eleição foi decidida em primeiro turno em oito capitais brasileiras (São Paulo, João Pessoa, Teresina, Natal, Boa Vista, Salvador, Palmas e Rio Branco). As demais capitais ainda terão votação em segundo turno no próximo dia 30 de outubro.

Nas regiões Sul e Centro-Oeste, haverá segundo turno em todas as capitais. No Sudeste, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Vitória terão segundo turno. Apenas São Paulo definiu João Doria (PSDB) como prefeito no primeiro turno.

Confira abaixo a apuração das votações nas capitais brasileiras:

PUBLICIDADE

Em São Paulo, João Doria (PSDB) foi eleito em primeiro turno, com 53,4% dos votos válidos, deixando para trás, em segundo lugar com 16% dos votos, o candidato Fernando Haddad (PT), atual prefeito da capital paulista. Celso Russomano (PRB) ficou com 13% dos votos contabilizados. Até o momento foram apurados 95,47% dos votos válidos (veja mais clicando aqui).

Com 100% das urnas apuradas, o Rio de Janeiro definiu seu segundo turno entre Marcelo Crivella (PRB), 27,78% dos votos, e Marcelo Freixo (PSOL), com 18,26%. O segundo turno também foi definido em Belo Horizonte (MG): João Leite (PSDB) tem 33,54% dos votos e Alexandre Kalil (PHS), 26,5%. Até o momento, 95% das urnas foram apuradas na capital mineira. 

Em Goiânia, Goiás, a disputa no segundo turno será entre Iris Rezende (PMDB), que teve 40,47% dos votos, e Vanderlan (PSB), com 31,84%. Em Curitiba, no Paraná, ocorrerá segundo turno entre Rafael Greca (PMN), com 38,38%, e Ney Leprevost (PSD), com 23,66%. 

A capital do Ceará, Fortaleza, também terá segundo turno. Com 100% das urnas apuradas, a disputa fica entre Roberto Claudio (PDT), com 40,81%, Capitão Wager(PR), 31,15%.

Já em Salvador, na Bahia, a disputa foi definida em primeiro turno, com ACM Neto (DEM) sendo reeleito com 73,99% dos votos. Até o momento, 99% das urnas foram apuradas.

Em Recife, o segundo turno será disputado entre os candidatos Geraldo Julio (PSB), atual prefeito da cidade, que teve 49,34% dos votos, e João Paulo (PT), ex-prefeito da capital pernambucana, com 23,76%.

Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, é mais uma capital que terá segundo turno, a ser disputado entre Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 28,84%, e Sebastião Melo (PMDB), com 25,93%.  

Palmas, no Tocantins, foi a primeira capital que definiu sua eleição, com o atual prefeito Carlos Amastha (PSB) sendo reeleito com 53,9% dos votos. Em Teresina, capital do Piauí, a candidata Firmino Filho (PSDB) venceu a disputa pela prefeitura, com 51,24% dos votos válidos. Dr. Pessoa (PSD) ficou em segundo lugar, com 39,65% dos votos válidos.

Em Cuiabá, Mato Grosso, os candidatos Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB) vão disputar o segundo turno. Com 99,4% das urnas apuradas, Pinheiro teve 34,17% dos votos válidos, contra 28,40% de Santos.

Já em João Pessoa, Paraíba, o candidato do PSD, Luciano Cartaxo foi reeleito prefeito com 59,67% dos votos. Em Natal, no Rio Grande do Norte, com 63,20% dos votos (94,30% apurados), Carlos Eduardo (PDT) foi reeleito prefeito. Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, é mais uma capital que terá segundo turno, a ser disputado entre Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 28,95%, e Sebastião Melo (PMDB), com 26,30%.

Em Belém, no Pará, com 93,03% das urnas apuradas, também já foi definido que haverá um segundo turno, a ser disputado por Zenaldo Coutinho (PSDB), com 30,95% dos votos, e Edmilson (PSOL), com 29,69%. 

Já em Vitória, Espirito Santo, Luciano (PPS) e Amaro Neto (SD) vão disputar o segundo turno, com o primeiro tendo 45,19% dos votos e o segundo 33,83%. Em Macapá, no Amapá, também haverá segundo turno, entre Clécio (REDE), que teve 44,52% dos votos, e Gilvam Borges (PMDB), com 26,44%.

Em Manaus, foi definido o segundo turno entre Artur Neto (PSDB), com 35,28% dos votos válidos, e Marcelo Ramos (PR), com 24,81% dos votos. 92% das urnas foram apuradas. Em Florianópolis (SC), o segundo turno será disputado entre Gean Loureiro (PMDB) e Angela Amin (PP). Porto Velho, capital de Rondônia, terá 2º turno entre Dr Hildon (PSDB) e Léo Moraes (PTB). Já em São Luís, capital do Maranhão, o segundo turno será disputado entre Edivaldo Holanda Júnior (PDT) e Eduardo Braide (PMN). 

Em Boa Vista (RR), Teresa Surita (PMDB) é eleita no primeiro turno. Essa é a quinta vez que ela administrará a capital de Roraima. Em Maceió (AL), Cícero Almeida (PMDB) e Rui Palmeira (PSDB) disputam o segundo turno. 

Em Aracaju (SE), o segundo turno será disputado por Edvaldo Nogueira (PC do B), com 38,76% dos votos, e Valadares Filho (PSB), com 38,09%. Em Rio Branco (AC), Marcus Alexandre (PT) foi reeleito à prefeitura. Com 98,45% das urnas apuradas, ele tem 54,79% dos votos, contra 31,07% de Eliane Sinhasique.

PUBLICIDADE

Veja os candidatos que disputarão o segundo turno para prefeito nas capitais:

Sudeste

Rio de Janeiro (RJ): Marcelo Crivella (PRB) e Marcelo Freixo (PSOL)

Belo Horizonte (MG): João Leite (PSDB) e Alexandre Kalil (PHS)

Vitória (ES): Luciano Rezende (PPS) e Amaro Neto (SD)

Sul

Curitiba (PR): Rafael Greca (PMN) e Ney Neto (PSD)

Florianópolis (SC): Gean Loureiro (PMDB) e Angela Amin (PP)

PUBLICIDADE

Porto Alegre (RS): Nelson Júnior (PSDB) e Sebastião Melo (PMDB)

Nordeste

Aracaju (SE): Edvaldo Filho (PCdoB) e Antonio Valadares (PSB)

Maceió (AL): Rui Palmeira (PSDB) e Cicero de Almeida (PMDB)

Recife (PE): Geraldo Filho (PSB) e João Lima e Silva (PT)

Fortaleza (CE): Roberto Claudio (PDT) e Capitão Wagner (PR)

São Luís (MA): Edivaldo de Holanda (PDT) e Eduardo Salim (PMN)

Norte

Belém (PA): Zenaldo Júnior (PSDB) e Edmilson Rodrigues (PSOL)

Macapá (AP): Clecio Luís (Rede) e Gilvam Borges (PMDB)

Manaus (MA) Artur Neto (PSDB) e Marcelo Ramos (PR)

Porto Velho (RO): Hildon Chaves (PSDB) e Leonardo de Moraes (PTB)

Centro-Oeste

Goiânia (GO): Iris Machado (PMDB) e Vanderlan Cardoso (PSB)

Cuiabá (MT): Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson dos Santos (PSDB)

Campo Grande (MS): Marcos Trad (PSD) e Rose (PSDB)

(Com Agência Brasil)

Em São Paulo, eram 90,09% das urnas apuradas, com João Doria (PSDB) na liderança, com 53,29% dos votos, seguido por Fernando Haddad (PT) com 16,63% e CelsoRussomanno (PRB), 13,66%.