Eleições

2 empresários ligados ao PT são detidos com malas de dinheiro, segundo a Folha

Pivô de escândalo em 2010 e colaborador da campanha de Fernando Pimentel em MG foram liberados após prestarem depoimentos à Polícia

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O empresário ligado ao PT, Benedito Rodrigues de Oliveira Neto, conhecido como Bené, e o colaborador da campanha de Fernando Pimentel (PT), Marcier Trombiere Moreira, foram presos na noite de terça-feira (8) com dinheiro suspeito em um avião apreendido em Brasília. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Bené esteve no centro de um escândalo, em 2010, onde foi descoberto um centro para produção de dossiês contra políticos tucanos e que teria sido montado pela pré-campanha de Dilma Rousseff (PT). Na época, o empresário confirmou ter sido responsável pelo aluguel da casa em Brasília. Com isso, o PT acabou afastando os envolvidos.

Já Marcier é ex-assessor do Ministério das Cidades e trabalhou na campanha de Fernando Pimentel, que foi eleito governador de Minas Gerais no último domingo. A Polícia Federal afirmou que apreendeu R$ 116 mil com o grupo detido. De acordo com as autoridades, todos foram liberados após prestarem depoimentos.

PUBLICIDADE