Em petrobrasdistribuidora

BR Distribuidora: termina nesta segunda período de reserva para a oferta de ações

A Petrobras irá reduzir a sua participação, de 71,25% para 45,25%, com os recursos devendo entrar no caixa da companhia. Assim, a estatal abrirá mão do controle acionário de sua subsidiária  

Posto de gasolina
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

SÃO PAULO - Esta segunda-feira (22) marca o último dia para o período de reserva para a oferta subsequente de ações da BR Distribuidora (BRDT3), ou follow-on, que é a venda de papéis de uma companhia que já possui papéis na bolsa. 

A Petrobras (PETR3;PETR4), no caso, que irá reduzir a sua participação, de 71,25% para 45,25%, com os recursos devendo entrar no caixa da companhia. Assim, a estatal abrirá mão do controle acionário de sua subsidiária.

A oferta é 100% secundária e o preço da oferta será determinado nesta terça-feira (23), após o fechamento do mercado, sendo composta por 291,25 milhões de ações ordinárias BRDT3.

O valor total da oferta de R$ 7,63 bilhões, podendo chegar a R$ 10,3 bilhões considerando os lotes adicionais e suplementar. O pedido mínimo para o investidor pessoa física é de R$ 1.000. 

"A venda de participação da Petrobras na BR Distribuidora pode ser considerada uma privatização, pois a Petrobras não será mais a controladora da empresa, passando a ter um controle pulverizado. (...) Após a oferta, a Petrobras Distribuidora deverá apresentar uma melhoria na sua governança corporativa e aumento na liquidez das ações", destaca a equipe de análise da Levante Ideias de Investimento. 

Seja sócio das melhores empresas da Bolsa: abra uma conta na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações

 

Contato