Em petrobras

FUP afirma que greve atinge nove refinarias da Petrobras

Na quinta-feira, 13, procurada pela reportagem, a estatal havia informado que iria "tomar todas as medidas para garantir a manutenção da produção de petróleo e gás

Petrobras
(Shutterstock)

Os petroleiros do Sistema Petrobras (PETR3; PETR4) nas bases da Federação Única dos Petroleiros (FUP) deram início a uma greve geral na madrugada desta sexta-feira, 14, cortando a rendição nos turnos de nove refinarias, em oito Estados, informou a federação. Segundo os primeiros informes sobre o movimento, os ônibus que traziam os empregados para render os turnos já chegaram vazios em algumas unidades.

Até o momento, ficaram sem rendição de turno, segundo a FUP, as refinarias Duque de Caxias (Reduc/RJ), Gabriel Passos (Regap/MG), Landulpho Alves (Rlam/BA), Abreu e Lima (PE), Manaus (Reman/AM), Paulínia (Replan/SP), Mauá (Recap/SP), Presidente Getúlio Vargas (Repar/PR) e Alberto Pasqualini (Refap/RS).

A Petrobras ainda não tinha um informe disponível sobre a paralisação. Na quinta-feira, 13, procurada pela reportagem, a estatal havia informado que iria "tomar todas as medidas para garantir a manutenção da produção de petróleo e gás, bem como o abastecimento do mercado de derivados".

Em frente à Reduc, no Rio de Janeiro, a Polícia Rodoviária informou que a rodovia BR-040 chegou a ser fechada por volta das 6h30, no sentido Rio, mas que foi liberada às 8h.

 

Contato