Em petrobras

“Não tem privatização agora da Petrobras”, afirma Paulo Guedes

Segundo o ministro da Economia, o presidente Jair Bolsonaro "falou que pela primeira vez está considerando o assunto", mas não é essa a questão no momento   

Paulo Guedes
(José Cruz/Agência Brasil)

SÃO PAULO - Após a fala de Jair Bolsonaro da véspera de que o governo estuda uma "privatização mais ampla da Petrobras", o ministro da Economia Paulo Guedes falou sobre o assunto nesta sexta-feira (26), mas negando que haverá a venda da petroleira para o setor privado. 

“Não tem privatização agora da Petrobras”, disse o ministro da Economia Paulo Guedes, a jornalistas no Rio de Janeiro, negando que o presidente Jair Bolsonaro tenha dito isso.

Segundo o ministro, o presidente “falou que pela primeira vez está considerando o assunto”. 

“Mas não é isso nós estamos falando. Nós estamos falando de quebrar um monopólio duplo da Petrobras no refino, na transmissão de gás, nas distribuidoras estaduais. A Petrobras é uma grande empresa brasileira, disse ele. Vamos devolver a Petrobras à sua atividade core, que é a exploração de petróleo”, afirmou. 

Há um pouco mais de uma semana, durante uma entrevista à GloboNews, o ministro da Economia, Paulo Guedes, insinuou que Bolsonaro o tem questionado sobre uma eventual privatização da Petrobras. 

Na ocasião, ele foi questionado por um jornalista da emissora se a crise gerada pelo reajuste do diesel "não mostra que o melhor caminho seria privatizar a Petrobras". "Olha, você acabou de dizer um negócio que o presidente levantou a sobrancelha", disse o ministro.

Cobrado por explicações sobre esse comentário, Guedes desconversou. "Ué, se o preço do petróleo sobe no mundo inteiro e não tem nenhum caminhoneiro parando no Trump, não tem nenhum caminhoneiro parando na Merkel, não tem nenhum caminhoneiro na porta do Macron, será que tem um problema aqui?".

No dia seguinte, Bolsonaro explicou a declaração do ministro da Economia, dizendo à comentarista política da GloboNews Natuza Nery ter uma "simpatia inicial" por privatizar a Petrobras.

(Com Bloomberg e Agência Estado)

Vai privatizar? Esteja bem posicionado para aproveitar: abra uma conta de investimentos na Clear com taxa ZERO para corretagem de ações!

 

Contato