XP Investimentos

Oferecido por
Conteúdo Patrocinado

XP Empresas faz roadshow para discutir perspectivas para 2022

Evento para assessores será em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, e terá a presença de executivos, como Guilherme Benchimol, José Berenguer e Rodrigo Moreira

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

As melhores oportunidades de negócios para 2022 estarão na pauta do novo roadshow da XP Empresas, área do grupo XP Inc. dedicada ao atendimento a pessoa jurídica. Três encontros estão agendados neste mês. O primeiro aconteceu em São Paulo (8/12) e outros dois estão marcados para o Rio de Janeiro (14/12) e Porto Alegre (17/12), com 150 assessores em cada praça.

O objetivo do evento é debater com os profissionais de investimentos as perspectivas econômicas para 2022, com foco na pessoa jurídica, além das principais estratégias de crescimento e novos produtos. Entre os participantes dos encontros estão executivos do alto escalão da XP Inc., como Guilherme Benchimol, fundador e presidente do conselho de administração da XP, José Berenguer, CEO do Banco XP e Rodrigo Moreira, head da XP Empresas.

“Queremos conectar a visão da XP a de executivos de mercado que estão na linha de frente do atendimento a empresas. É uma troca estratégica, pois ajuda a alinhar valores e práticas, que nos consolidam cada vez mais neste segmento”, avalia Felipe Campelo, head B2B da XP Empresas.

O primeiro evento, em São Paulo, ontem (8), aconteceu no Hotel Unique, e teve a presença de Benchimol, Moreira e Campelo. Em sua exposição, o fundador da XP falou sobre as expectativas para o crescimento do atendimento de clientes pessoas jurídicas (PJ’s) para o próximo ano na empresa.

O segundo encontro, no Rio de Janeiro, na semana seguinte, será no Teatro XP, e terá a presença de Moreira, Campelo e José Berenger, CEO do Banco XP. A terceira e última reunião, em Porto Alegre, será no Hotel Moinhos de Evento, com a presença de Moreira e Campelo.

“O momento é propício para definirmos rumos e estratégias. O cenário é desafiador, com juros maiores, eleição no horizonte, e as consequências da pandemia. Mas isso também abre um leque de oportunidades. É preciso falar sobre elas e saber extrair o melhor de cada uma”, acrescenta Campelo. “No começo do próximo ano, faremos mais uma rodada de encontros. Nosso objetivo é estar cada vez mais próximos dos assessores, para que nossos esforços sejam fruto de um trabalho conjunto.”