XP Investimentos

Oferecido por
Conteúdo Patrocinado

XP contratará 60 pessoas de várias áreas do Brasil para transformá-las em assessores de investimento

Intitulado XP Future, novo programa de recrutamento da XP recrutará profissionais com diferentes experiências

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

A contratação de profissionais de diferentes formações acadêmicas e experiências, não necessariamente ligadas à economia ou ao mercado financeiro, sempre foi algo natural na história de crescimento da XP. Ao longo dos anos, a equipe de assessores foi sendo compostas por profissionais de áreas como química, odontologia, advocacia e, claro, também de economia e administração.

O que a XP agora está fazendo é estruturar e formalizar um modelo de recrutamento e seleção com esta premissas. Intitulado XP Future, o programa vai contratar 60 profissionais para atuar como assessores de investimentos, vinculados à própria XP.

Quem explica o projeto é Renan Vilaça, da área de atendimento B2C Regional, ele mesmo um profissional que ingressou na XP vindo da área de comércio exterior.

“A proposta é estruturarmos tudo que já era feito informalmente. Na XP, conta o talento e a disposição do profissional, independentemente da área ou idade”, diz Vilaça.

As 60 vagas serão preenchidas por profissionais de qualquer área, ressalta o executivo, e não há a necessidade de conhecer o mercado financeiro. “Há dois grupos específicos, os jovens que estão concluindo uma faculdade e aquele profissional mais experiente que busca uma migração de carreira. Todos serão formados na XP com uma imersão no mercado e dois meses de treinamento intenso.”

Perfil procurado

O processo seletivo elaborado para o XP Future busca identificar profissionais com um perfil habilidades em construir relacionamentos e curiosidade pelo mundo dos investimentos. As vagas estão distribuídas entre seis cidades: Manaus (AM), Rio de Janeiro (capital), Niterói (RJ), Uberlândia (MG), e duas cidades do interior paulista, Sorocaba e São José dos Campos.

Na trilha elaborada para o treinamento dos profissionais, além dos aspectos técnicos haverá também, pela primeira vez, módulos para ensinar a prospectar contas em seu ciclo social e a montar uma rotina de trabalho.

Duas novidades do XP Future também confirmam a aposta elevada da XP neste modelo plural, que agora está sendo formalizado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além disso, todos os aprovados no processo seletivo ganham uma espécie de luva, ou um prêmio de entrada no valor de até R$ 20 mil. “Isto ajuda a nivelar o background dos selecionados. Quem faz transição de carreira, muitas vezes precisa de um recurso inicial. Outros podem ser ótimos candidatos a virar assessor, mas por serem humildes necessitam do dinheiro também para iniciar na profissão, investir em um smartphone, por exemplo”, explica Vilaça, acrescentando que os assessores selecionados no XP Future serão contratados pela XP, no modelo de CLT, e terão bônus semestrais.

Como participar?

O processo seletivo começa no dia 24/11 e as inscrições podem ser feitas no site do projeto. Na primeira fase, os candidatos passarão por um teste cultural, com peso 50%, e outro de arquétipo de venda, para ver o perfil comercial da pessoa, também com peso de 50%. Não são etapas eliminatórias. Os candidatos também precisarão enviar dois vídeos, um de um minuto se apresentando e outro de 2 minutos, que é um vídeo de case.

“Ele terá que responder à pergunta sobre como ele conseguiria convencer alguém a investir o dinheiro da sua vida com ele, que acabou de começar no mercado financeiro”, explica Vilaça.

Quem avançar para a segunda etapa terá uma fase presencial, participando de entrevistas e solução de cases.

“Queremos os melhores profissionais na seleção, vamos montar uma tropa de elite que reforçar nossa equipe de assessores. Hoje, a concorrência é mais forte na busca pelos profissionais já formados do que pelos clientes. Tomamos a decisão de forma-los aqui”, comenta Vilaça, lembrando que o primeiro processo do XP Future é “tímido” com apenas 60 vagas, mas que a ideia é contratar até 2023 perto de 500 pessoas dentro deste modelo.