XP Investimentos

OFERECIDO POR
Conteúdo Patrocinado

Dia mundial da poupança: chegou a hora de parar de perder dinheiro

Segundo os dados mais recentes da Anbima, apenas 9% dos brasileiros aplicam em produtos financeiros

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
arrow_forwardMais sobre

Nesta quinta-feira (31) é comemorado o Dia Mundial da Poupança. Não se trata de enaltecer a improdutiva caderneta de poupança, muito pelo contrário: a ideia é conscientizar as pessoas da importância de economizar para o futuro.

No entanto, no Brasil os dados não são positivos. Segundo os dados mais recentes da Anbima (Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro), menos da metade (42%) da população brasileira tem dinheiro guardado.

O cenário fica ainda pior quando se faz a análise da fatia de brasileiros que investe: apenas 9% das pessoas aplicam em produtos financeiros. Ainda, ao considerarmos apenas o universo dos investidores, 88% investem na poupança.

PUBLICIDADE

Se você faz parte dessa imensa maioria de pessoas que ainda mantém dinheiro na caderneta de poupança, está na hora de mudar para ganhar mais dinheiro – mesmo alocando seu patrimônio em opções mais conservadoras.

O Tesouro Direto, CDBs, LCs, LCAs, LCIs e Debêntures são opções que rendem mais que a poupança e são mais conservadores do ponto de vista de risco. Com Selic renovando sua mínima histórica a cada Reunião do Copom, o rendimento da poupança ficará abaixo da inflação projetada.  Ou seja, você vai perder dinheiro se deixá-lo na poupança.

Confiras as principais características de cada alternativa:

Tesouro Direto: oferece segurança, rentabilidade superior à da poupança, e opções de títulos e valores de acordo com o seu objetivo. A cobrança de Imposto de Renda segue a tabela regressiva;

CDBs:  investimento de baixo risco, com rentabilidade diária atrelada ao CDI e oferece opções com liquidez diária. A cobrança de imposto de renda também segue a tabela regressiva.

LC: Letras de Câmbio são títulos de renda fixa de baixo riscos, com rentabilidade diária, e garantia do Fundo Garantidor de Crédito (FGC). A cobrança de imposto de renda  segue a tabela regressiva.

PUBLICIDADE

LCA: títulos que emprestam dinheiro para o financiamento do agronegócio. É isento de Imposto de Renda.

LCI: investimento de baixo risco que financia o setor imobiliário de forma segura e que pode render mais que o CDI. Também é isento de Imposto de Renda.

Debêntures: títulos emitidos por empresas (de capital aberto ou não) com o objetivo de captar recursos para financiar seus projetos. A cobrança de Imposto de Renda pode ser conforme a tabela regressiva, e, em alguns casos, isenta.

Para entender com mais detalhes cada opção e aproveitando este dia 31 de outubro, a XP Investimentos lançou uma página sobre o Dia Mundial da Poupança. Nela, o investidor poderá baixar o livro “Razões para você investir na poupança”. Além disso, a partir desta data, todos os produtos de renda fixa vão passar a ter o valor mínimo de investimento de R$ 1 mil.

Faça o seu dinheiro render mais, abra uma conta na XP Investimentos.