Seguro de vida

OFERECIDO POR
Conteúdo Patrocinado

Por que saúde e qualidade de vida precisam ser uma prioridade para os investidores?

Algumas práticas simples fazem total diferença no cotidiano e têm grandes reflexos a longo prazo

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Apesar de ser um tema atual, a busca por uma boa saúde e qualidade de vida deve ter início desde cedo. Por isso, cada vez mais as pessoas procuram mudar hábitos que são prejudiciais para o alcance da longevidade.

Algumas práticas simples fazem total diferença no cotidiano e têm grandes reflexos a longo prazo. Mantendo os cuidados com o corpo e com a saúde financeira, é certo que teremos um futuro tranquilo.

Por que a qualidade de vida e a saúde são essenciais para os investidores?

Antes de tudo, devemos entender a diferença entre padrão de vida e qualidade de vida — o que é uma dúvida bastante comum. O primeiro diz respeito à qualidade e quantidade de bens e serviços disponíveis para determinada pessoa ou família. Já o segundo refere-se a aspectos mais amplos, que contribuem para uma vida mais longa e saudável.

PUBLICIDADE

Nesse sentido, a qualidade de vida, além de estar diretamente ligada à saúde física, compreende fatores como:

  • capacidade funcional e atividade intelectual;
  • estado mental e emocional;
  • nível socioeconômico;
  • relações interpessoais e interação social;
  • autocuidado e estilo de vida;
  • autoestima e bem-estar;
  • suporte familiar e ambiente em que se vive;
  • valores culturais, éticos e religiosos;
  • satisfação com o emprego e com atividades diárias.

Como ter uma boa saúde e qualidade de vida?

Cultivar hábitos saudáveis é fundamental para a nossa saúde física e psicológica. Com isso, preocupações estressantes são evitadas e sintomas gerados por um estilo de vida inadequado — como ansiedade, insatisfação ou falta de produtividade no trabalho e doenças — são prevenidos.

A seguir, veja algumas iniciativas que você pode adotar em seu dia a dia.

Ter uma boa alimentação

O nosso organismo precisa receber as quantidades ideais de vitaminas e nutrientes necessárias para uma boa saúde, o que resulta no aumento da qualidade de vida. Sendo assim, evite frituras, refrigerantes e produtos industrializados. Em vez disso, invista em um prato mais colorido e nutritivo. Outras dicas são:

  • ingerir em média dois litros de água por dia;
  • alimentar-se a cada três horas, intercalando as refeições com frutas;
  • diminuir o consumo de açúcar e sal;
  • não abusar de bebidas alcoólicas.

Praticar atividades físicas

A falta de tempo no dia a dia geralmente é um empecilho para criar uma rotina saudável, contudo, movimentar-se de alguma forma é muito importante. Vá de bicicleta até o trabalho, por exemplo, ou levante mais cedo e faça uma caminhada com o seu pet. Além da parte física, é fundamental lembrar-se de cuidar da mente por meio de atividades como ioga e meditação.

Preocupar-se com a saúde financeira

Quando alguém pensa em formas de melhorar a qualidade de vida, muitas vezes se esquece da proteção financeira. No entanto, esse é um fator essencial para que os outros aspectos corram bem. Isso porque imprevistos acontecem e podem impactar negativamente o aspecto econômico das nossas vidas.

Você pode enfrentar dificuldades como a perda de renda ou se deparar com novos gastos, como comprar uma nova casa ou investir na educação dos filhos, por exemplo. Assim, é preciso se organizar e buscar alternativas para se precaver frente a tais situações. Fazer investimentos e contratar um seguro de vida são boas opções.

Garantir a saúde e qualidade de vida para você e sua família deve ser prioridade. Siga as dicas apresentadas neste conteúdo e conquiste melhores condições físicas, psicológicas e financeiras.

Descubra a melhor forma de proteger suas finanças.