Seguro de vida

OFERECIDO POR
Conteúdo Patrocinado

Conheça 3 formas de proteção financeira

Uma pesquisa feita pelo SPC Brasil e CNDL indica que apenas 7% dos brasileiros fazem uma reserva fixa mensal

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Incertos com o cumprimento de seus compromissos financeiros na atual crise, os brasileiros passaram a se preocupar mais com a proteção financeira do grupo familiar. Como solução, muitos passaram a investir em algumas opções de seguros — como o prestamista, que cobre prestações de imóveis, por exemplo, caso o contratante sofra com uma invalidez, desemprego ou morte.

Além desse, os seguros de vida, viagem e educacional vêm sendo muito procurados desde 2015, segundo levantamento da Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (FenaPrevi). Nesse cenário, a prevenção financeira é uma realidade que precisa ser pensada.

A importância da proteção financeira

As pessoas não têm o hábito de poupar ou investir pensando no futuro, nem cogitam a possibilidade de eventualidades e custos extras que possam extrapolar o planejamento financeiro.

PUBLICIDADE

Comprovando essa realidade, uma pesquisa feita pelo SPC Brasil e CNDL indica que apenas 7% dos brasileiros fazem uma reserva fixa mensal. Isso explica a quantidade de pessoas desamparadas após perderem o emprego, além dos altos índices de inadimplência.

Independentemente do cenário econômico, ter uma proteção financeira é uma forma de garantir mais tranquilidade em momentos de dificuldades, quando a situação por si só gera estresse e preocupações.

Logo, adotar iniciativas de proteção da sua renda é fundamental para que se consiga manter os custos e qualidade de vida em situações em que haja a impossibilidade de trabalhar ou a perda de renda.

3 formas de proteção financeira

1. Investimentos

Já pensou nas possibilidades de investimento? É essencial buscar alternativas para alcançar a sua longevidade financeira e não é preciso muito para começar. Entretanto, quanto mais recursos você tiver, maiores serão as vantagens.

2. Seguro educacional

PUBLICIDADE

O seguro educacional é geralmente oferecido como opção por instituições de ensino no momento da matrícula. Contudo, cresceu a busca dos próprios pais pela contratação desses planos, muito em função da preocupação com o desemprego.

Este tipo de seguro cobre o pagamento das despesas e mensalidades escolares ou acadêmicas até o fim do curso em decorrência de morte natural ou acidental e invalidez permanente do responsável legal pelo aluno.

3. Seguro de vida

A contratação do seguro de vida e acidentes pessoais dá suporte financeiro imediato aos beneficiários após certas causalidades. Dentro dele, há a opção de seguro contra doenças graves, que concede indenizações previstas na apólice do contrato caso o segurado seja acometido por Alzheimer, câncer, AVC, infarto, entre outros.

Vale destacar que a proteção oferecida pelo seguro de vida, ao contrário do que muita gente pensa, pode ser utilizada pelo segurado ainda em vida.

Faça uma simulação de um seguro com cobertura por invalidez