AO VIVO Analistas sem Censura: Via Varejo ainda tem espaço para subir depois da disparada de 100%?

Analistas sem Censura: Via Varejo ainda tem espaço para subir depois da disparada de 100%?

MaxMilhas

OFERECIDO POR
Conteúdo Patrocinado

3 empresas brasileiras que te ajudam a fazer dinheiro extra

Liderada pelos segmentos de mobilidade e hospedagem, nova economia deve movimentar US$ 335 bilhões até 2025

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Foi seguindo o conceito de economia compartilhada que algumas empresas internacionais ganharam o mundo: AirBNB, OLX, Uber. Esses são apenas alguns dos nomes de quem aproveitou a evolução da tecnologia para promover soluções de qualidade, com mais economia para os consumidores. 

Em resumo, no caso dessas empresas, a economia compartilhada permite que as pessoas ofertem produtos ou serviços que já têm a consumidores, fazendo dinheiro extra. Tudo isso promove negociações financeiras sustentáveis. Dados da consultoria PwC apontam que a economia compartilhada vai movimentar US$335 bilhões no mundo em 2025. 

O sucesso desse modelo de negócio, que segue a lógica de que é possível dividir para ganhar, chegou ao Brasil há alguns anos. Os empreendedores brasileiros que apostaram nesse formato, por um lado, resolvem problemas do consumidor e, do outro, criam renda extra para quem oferece seus produtos ou serviços. 

PUBLICIDADE

Conheça 3 empresas brasileiras que fomentam a economia compartilhada e estão contribuindo para a evolução desse mercado. Inspire-se com essas plataformas e comece a fazer dinheiro extra!

  1. 1. MaxMilhas

Com um modelo único de negócio no mundo e figurando entre as empresas mais inovadoras do país, a MaxMilhas é uma plataforma para pesquisa e compra de passagens aéreas, com diferentes combinações de tarifas. Entre essas tarifas, estão as passagens emitidas com as milhas de vendedores cadastrados no site.

Quem quer vender milhas cadastra a quantidade de milhas que deseja anunciar e o valor pelo qual quer vendê-las. A fim de orientar o vendedor e ajudá-lo a ter preços mais competitivos para a venda das suas milhas, a MaxMilhas mostra a média de preço praticada pelos vendedores na plataforma.

As milhas anunciadas passam por uma análise interna e ficam disponíveis para a emissão das passagens de quem compra voos no site. O pagamento ao vendedor é realizado em até 20 dias corridos após a emissão da passagem.

Essas milhas serão usadas para emitir passagens de quem deseja viajar. Para procurar por uma passagem, basta entrar no site ou no app da MaxMilhas, escolher data, destino e número de passageiros. Então, a plataforma apresenta as melhores opções de voo, inclusive fazendo comparação de preços não apenas no site como com as próprias companhias aéreas. O usuário deve escolher o melhor voo para sua viagem, preencher os dados e realizar o pagamento por cartão de crédito ou transação bancária. A passagem será enviada por e-mail.

Mais de 42 bilhões de milhas já foram movimentadas pelo marketplace, que já passou de quatro milhões de passagens aéreas vendidas. 

PUBLICIDADE
  1. 2. GetNinjas

O GetNinjas, maior aplicativo para contratação de serviços da América Latina, conecta prestadores de serviços a potenciais clientes. São mais de 200 tipos de serviços oferecidos pelos mais de 800 mil profissionais cadastrados em todo Brasil. Há encanadores, chaveiros, advogados, costureiras, designers e muito mais. O aplicativo brasileiro opera também no México desde o final do ano passado. 

Ao fazer um pedido, o cliente recebe o contato de até 3 profissionais e pode escolher o que mais gostar. Os profissionais são avaliados pelo cliente após o término do serviço e essas avaliações ajudam os próximos clientes na escolha por qual profissional contratar.

Na plataforma, são os profissionais cadastrados que estabelecem seus preços e negociam diretamente com o cliente. Ao ingressar no GetNinjas, o profissional precisa adquirir um pacote de moedas que dá acesso ao contato dos clientes que estão solicitando os serviços que ele oferece. Apenas nos últimos 12 meses, o valor transacionado entre profissionais e clientes por meio do aplicativo ultrapassou 400 milhões de reais (GMV).

  1. 3. DogHero

Assim como a MaxMilhas, a DogHero permite que uma parte dos seus usuários faça renda extra, enquanto outros economizem na contratação do serviço. A lógica da plataforma é bem simples: o usuário que deseja ganhar dinheiro extra oferece serviços de hospedagem ou caminhada para cachorros. 

Do outro lado, aqueles que procuram pelos serviços ofertados fazem o cadastro do pet e verificam a disponibilidade por local e data. Para que um passeador ou um anfitrião entrem na plataforma, devem passar por treinamentos online que mostram, por exemplo, sintomas que indicam que o pet deve ser levado ao veterinário.

Criada em 2014, tem mais de 18 mil anfitriões e passeadores cadastrados e 850.000 cachorros no banco de dados, em 750 cidades da Argentina, do Brasil e do México. 

Leia também

Conteúdo Patrocinado Com país em crise, brasileiro vende milhas para ter renda 2 meses atrás
Conteúdo Patrocinado Como aproveitar melhor programas de pontos e milhas 3 meses atrás
Conteúdo Patrocinado 5 dinheiros que você pode ter e não sabia 3 meses atrás
Conteúdo Patrocinado Quanto você paga pelas milhas? 5 meses atrás
Conteúdo Patrocinado Brasileiros descobrem que milhas valem dinheiro 8 meses atrás