Imóveis e Investimentos

Oferecido por
QuintoAndar
Conteúdo Patrocinado

Cinco ferramentas que te ajudarão a investir em imóveis

Instrumentos analisam preços de aluguel ou venda e ajudam a acelerar o fechamento de negócios; já um guia mostra o caminho para investir no setor

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Gerar renda com imóveis sempre foi um porto seguro para o investidor. Nos últimos anos, aqueles que desejam colocar as suas propriedades no mercado contam com ferramentas tecnológicas cada vez mais inteligentes e ágeis. Instrumentos analisam dados e ajudam a direcionar o preço de venda ou aluguel de acordo com características de cada propriedade, o que torna os anúncios mais atrativos. Há também outros aliados, como índices dedicados a traçar um panorama do mercado, aplicativos para auxiliar na organização das finanças e das informações sobre o setor e até tutoriais que ensinam a fazer aportes no segmento imobiliário por meio de fundos de investimento.

Confira as ferramentas aliadas para quem já investe ou deseja iniciar a diversificar a carteira com imóveis:

Índice QuintoAndar

Com objetivo de ampliar entendimento de proprietários, inquilinos, analistas e especialistas sobre o mercado imobiliário, a ferramenta oferece um panorama fiel dos valores efetivos de contratos fechados. Para os donos de imóveis, trata-se de uma referência sólida para encontrar o melhor equilíbrio entre preço do aluguel e o tempo de vacância dos imóveis. Os filtros de análise consideram as cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, e os dados são filtrados também pelos bairros dos municípios. Atualizado mensalmente, o conjunto de informações consegue prover a segurança para o dono não deixar a propriedade tempo demais sem alugar por pedir um valor muito alto e, ao mesmo tempo, impede o prejuízo que um anúncio com valor muito abaixo do mercado pode trazer.

Estudo mostra descolamento entre a alta do IGP-M e preços de aluguel em queda

Guia Infomoney sobre fundos imobiliários

Mesmo quem não é dono de um imóvel tem a opção de aderir a uma maneira simples e barata de aplicar no setor e se beneficiar da renda de aluguéis. Basta comprar a cota de um Fundo Imobiliário. Trata-se de uma espécie de “condomínio” de investidores, que reúnem seus recursos para que sejam aplicados em conjunto no mercado imobiliário. Há diversos tipos de aportes –  as aplicações podem ser feitas em fundos de tijolo, com ativos reais, ou em categorias que remuneram a compra de papéis do setor imobiliário. O guia da Infomoney explica como escolher o melhor fundo, os passos a serem dados para investir, o nível de segurança do segmento, além de listar as suas vantagens e desvantagens.

Smart Pricing

Ferramenta de inteligência artificial que avalia os perfis dos imóveis e faz a gestão do preço do aluguel de acordo com a demanda das casas e apartamentos anunciados no QuintoAndar. A inteligência leva em conta características únicas do imóvel, como seu estado de conservação, se está em andar alto ou baixo, se é ensolarado ou não, assim como condições de mercado, como localização do imóvel e demanda e oferta na região.

PUBLICIDADE

O preço é definido por fatores reais, e não por estimativas baseadas em informações insuficientes e pouco profundas, que são tudo o que o proprietário tem na hora de escolher o valor do aluguel do seu imóvel. Ou seja, o aluguel é feito em um preço justo e no tempo certo, e o proprietário aprova as propostas e pode editar a cifra a qualquer momento. Não à toa, ele gerencia mais de 30 mil imóveis. Quando ativado, o Smart Pricing já mostrou que pode acelerar a assinatura de contratos de propriedades que estavam há mais de oito semanas para alugar.

Inteligência artificial te ajuda a calcular quanto cobrar pelo aluguel

2 a cada 3 proprietários escolhem utilizar essa calculadora

Imagine um termômetro que aponta o preço ideal a ser cobrado por quem tem a intenção de alugar a sua propriedade. A Calculadora QuintoAndar é uma ferramenta de consulta que utiliza uma base de dados com 30 especificidades dos imóveis já anunciados e indica ao proprietário o melhor valor para anunciar, considerando a cifra média de imóveis com características semelhantes.

A inteligência é treinada com informações de mais de 500 mil propriedades e um dos principais diferenciais é que os dados analisados refletem o valor real dos contratos, em vez de apenas os preços de anúncios. Em linhas gerais, é um auxílio para não alugar o seu imóvel por um valor fora da média de mercado.

Aplicativos úteis para o investidor

Depois de ter o imóvel alugado, vendido, ou de receber o retorno de investimentos, o ideal é organizar as finanças para controlar melhor a utilização dos recursos. Aplicativos como GuiaBolso, por exemplo, podem ser ótimos cúmplices para ajudar nessa tarefa, pois se propõem a fazer o planejamento financeiro de maneira descomplicada. Também é possível organizar as finanças através de planilhas de controle, que eventualmente te fornecem flexibilidade e gestão, e até nos próprios aplicativos de bancos digitais.

Outro amigo do investidor de imóveis é o Evernote. Com interface simples e intuitiva, é considerado muito mais do que uma agenda virtual completa. Além de ser útil para cravar compromissos no calendário e gerar cadernos de anotações – onde podem ser inseridos links, fotos ou áudio – ele permite criar, por exemplo, uma biblioteca com as últimas notícias do mercado imobiliário. Pode igualmente ser acessado pelo computador ou pelo celular.

PUBLICIDADE

É considerada uma prática saudável acompanhar as movimentações do mercado e entender como elas impactam seus investimentos. Para isso, opte por acompanhar notícias diariamente.

Veja também:
Saiba o que você precisa avaliar antes de comprar um imóvel pra investir

Vale a pena investir em imóveis para aposentadoria?