Fliper

Oferecido por
Fliper aplicativo controle consolidador financeiro
Conteúdo Patrocinado

FIAs: 5 fundos de ações favoritos dos investidores no momento

Levantamento com mais de R$ 80 bilhões em patrimônio mapeado mostra a gestora Brasil Capital na liderança

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Com o avanço da tecnologia e das plataformas de investimentos, os fundos das melhores gestoras do mercado ficaram acessíveis ao pequeno investidor, antes disponíveis apenas aos milionários.

Para a pessoa que busca exposição à bolsa de valores e prefere delegar esse trabalho a profissionais experientes, os fundos de ações (FIAs) podem ser a solução.

Existe a opção de investir em fundos passivos, que seguem algum índice de referência, ou em fundos ativos, que buscam rentabilidade acima de um benchmark (ex: Ibovespa).

Um levantamento da Fliper, plataforma de consolidação de investimentos, mostra o ranking das maiores alocações em fundos de ações, dentro de mais de R$ 80 bilhões em patrimônio mapeado.

RankingFundo
1Brasil Capital 30
2Western Asset BDR Nivel I
3Alask Black Institucional
4Equitas Selection
5Constellation Institucional

1ºLugar –  Brasil Capital 30

Na liderança ficou o fundo Brasil Capital 30, que possui uma estratégia Long Only Livre, ou seja, com foco em uma carteira comprada de ações, tendo liberdade para investir em qualquer tipo de companhia.

Com horizonte de investimento de longo prazo, o time de gestão busca ter uma estreita relação com as empresas investidas e profundo conhecimento dos seus mercados de atuação.

As ações são selecionadas, principalmente, por meio de critérios fundamentalistas, sempre usando premissas conservadoras e margem de segurança.

Com foco em ativos locais, o fundo possui objetivo de superar o Ibovespa no longo prazo.

Geralmente possui entre 80 e 100% de posições compradas e de 15 a 25 companhias na carteira, onde cada posição geralmente representa de 3 a 10% do portfólio.

PUBLICIDADE

Há um limite de 30% de exposição por setor, que são:

A gestora Brasil Capital foi fundada em 2008, com sede em São Paulo e tem mais de R$ 6 bilhões em ativos sob gestão, com atuação na estratégia de ações.

André Ribeiro, CIO e Portfolio Manager do fundo, lidera a equipe de investimentos.

Abaixo, utilizando o comparador de investimentos InfoMoney, segue gráfico de performance do fundo, desde seu início (agosto/2012), frente ao Ibovespa:

2º lugar: Western Asset BDR Nível I

Na segunda colocação ficou o fundo de BDRs da gestora Western Asset, mostrando a demanda dos investidores brasileiros em diversificar sua carteira com ativos no exterior e exposição do dólar.

O fundo busca valorização compatível com o mercado acionário americano, a longo prazo, e possui variação cambial.

PUBLICIDADE

Tem uma gestão ativa em relação ao índice S&P 500, por meio de uma carteira diversificada de BDRs de empresas americanas negociadas no Brasil.

Western Asset FIA BDR Nível I é gerido pelo Paulo Eduardo Clini com a colaboração da ClearBridge, renomada gestora do grupo que possui foco no mercado acionário americano.

Sua exposição aos setores é feita da seguinte forma:

Fonte: Lâmina do fundo

3º lugar: Alaska Black Institucional

Em terceiro lugar ficou o Alaska Black Institucional, fundo com estratégia Long Only Livre e foco em ativos predominantemente locais, mas com exposição internacional.

Geralmente possui entre 15 e 20 empresas no portfólio e há um limite de 40% de exposição por setor.

A gestora Alaska foi fundada em 2015, sua sede é na cidade de São Paulo e tem mais de R$ 14 bilhões em ativos sob gestão.

PUBLICIDADE

Entre os principais executivos, estão Luiz Alves Paes de Barros (sócio-fundador e CIO) e Henrique Bredda (sócio-fundador e gestor).

As 10 maiores posições do Alaska Black Institucional, com base na última carteira divulgada, são:

Fonte: Levante Advice

O fundo tem como objetivo superar o Ibovespa no longo prazo e tem obtido sucesso desde seu início (fevereiro/2017):

Fonte: Comparador de Investimentos InfoMoney

4º lugar: Equitas Selection

A gestora Equitas foi fundada em 2006, com sede em São Paulo e tem mais de R$ 5 bilhões em ativos sob gestão, com atuação na estratégia de ações.

A equipe de investimentos é liderada por Luis Felipe Amaral, que é responsável pela tomada de decisão e gestão dos portfólios.

A carteira do fundo Equitas Selection varia entre 15 e 20 ações na ponta comprada, mas tem liberdade para alocar uma parcela menor do patrimônio em posições vendidas e também em ativos internacionais.

A composição do portfólio é baseada em um processo de análise fundamentalista e pesquisa proprietária.

Abaixo, gráfico comparativo de performance do fundo, desde seu início (julho/2010), frente ao Ibovespa:

Fonte: Comparador de Investimentos InfoMoney

5º lugar: Constellation Institucional

A Constellation Asset Management foi fundada em 2002, com sede em São Paulo e tem mais de R$ 10 bilhões em ativos sob gestão, com atuação na estratégia de ações.

O Constellation Institucional é um fundo de renda variável com estratégia Long Only Livre, cuja política de investimento consiste em, por meio de análise fundamentalista (setorial e específica para cada empresa), detectar empresas negociando abaixo de seu valor intrínseco, para compor a carteira com o objetivo de buscar retornos consistentes a longo prazo.

Florian Bartunek, sócio-fundador e CIO da Constellation, lidera a equipe de investimentos.

Atualmente, suas maiores posições, com base na última carteira divulgada, são:

Fonte: Levante Advice

Abaixo, gráfico comparativo de performance do fundo, desde seu início (dezembro/2012), frente ao Ibovespa:

Fonte: Comparador de Investimentos InfoMoney

Lembramos que as informações contidas neste levantamento são apenas de cunho informativo e não se tratam de recomendações de investimentos.

Ações são ativos de renda variável, possuem riscos e rentabilidade passada não é garantia de retornos futuros.

Como analisar e organizar sua carteira de investimentos?

Agora que você conheceu os fundos de ações preferidos dos investidores, lembramos que a diversificação dos recursos em diferentes classes de ativos e instituições financeiras pode dificultar o acompanhamento e controle do patrimônio.

Entrar no site de cada casa para acompanhar e classificar seus investimentos em uma planilha de Excel pode dar trabalho e tomar muito tempo.

Visando solucionar este problema, a Fliper é uma plataforma gratuita que consolida todos os seus investimentos de bancos, corretoras e FGTS, de forma automática, de uma só vez!

Ainda é possível acompanhar gráficos de rentabilidade da carteira, evolução patrimonial, analisar fundamentos dos ativos, receber notificações de proventos, disponibilidade de liquidez, entre diversas outras funcionalidades que ajudam o investidor a tomar melhores decisões.

Fliper: quem se conhece, melhor investe!