Empresas e Tecnologia

Oferecido por
Conteúdo Patrocinado

Conheça a 11ª geração de processadores Intel vPro®

A versão visa simplificar uso, reduzir custos e aumentar a produtividade no ambiente de trabalho

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Com o crescimento do trabalho remoto por conta da pandemia, a demanda das empresas por computadores com melhores recursos de segurança e gerenciamento à distância também registrou alta nos últimos meses. De olho nessa oportunidade e dando continuidade ao aprimoramento da tecnologia dos seus produtos, a Intel investe no aprimoramento em cada geração de processadores e produtos, o que não é diferente para a plataforma Intel vPro®.

Entre os principais objetivos da 11ª geração estão simplificar o uso, potencializar as funcionalidades para reduzir custos e colaborar para aumentar a produtividade no ambiente de trabalho. Com isso, a Intel visa ampliar o público alvo, atraindo mais empresas de pequeno e médio porte.

Entre as vantagens práticas em relação às gerações anteriores está a maior facilidade de implementação, o chamado provisionamento. Em suma, a nova versão tende a ser mais simples de ser configurada.

“Isso se deve por conta do Intel® Endpoint Management Assistant (Intel® EMA). Ele foi projetado para tornar o Intel Active Management Technology fácil de configurar e de usar. A TI pode gerenciar dispositivos equipados com a tecnologia da plataforma Intel vPro sem interromper o fluxo de trabalho. Isso simplifica o gerenciamento do cliente e pode ajudar a reduzir os custos das organizações com TI”, diz Carlos Buarque, Diretor de Marketing da Intel.

Outra função da nova geração, o Intel® Active Management Technology, é a única solução com remediação remota para os PCs, mesmo quando o sistema operacional está inativo. “Esses recursos da plataforma Intel vPro ajudam a TI a gerenciar dispositivos remotamente e com segurança, dentro e fora do firewall não importa onde os colaboradores estejam trabalhando”, explica Carlos.

Com a nova geração, é possível ter uma gerenciabilidade remota dos parques de máquinas mais efetiva. Para as empresas, isso significa mais desempenho para os colaboradores, uma vez que o tempo de inatividade dos computadores diminui. Há também uma consequente redução dos custos associados ao suporte presencial.

Os ganhos da nova geração

Segundo a Intel, a plataforma vPro traz diversos benefícios para as empresas, pois permite a redução do custo de administração dos computadores, reduz o downtime na manutenção de PCs, diminui os riscos de segurança e traz melhor desempenho.

Um estudo realizado pela consultoria Forrester ajuda a estimar o impacto econômico total com o uso da plataforma Intel vPro. Para isso, leva em conta o perfil de cada companhia, como localidade, número de funcionários e total de PCs com a plataforma.

PUBLICIDADE

Por exemplo, uma empresa brasileira com 200 funcionários, em que metade usa máquinas com a plataforma  Intel vPro e, desse total, 70 PCs estão executando o Microsoft Windows 10, teria R$ 56.775 de benefícios totais em um período de 31 meses. Clique para fazer a simulação para cada perfil. 

“A plataforma Intel vPro foi lançada há mais de 10 anos e a cada nova geração de processadores incorpora novos recursos e funcionalidades para as empresas. Essa combinação de fatores faz com que as empresas tenham vantagens financeiras com a maior produtividade e com a economia com a administração de computadores e riscos de segurança”, afirma o Diretor.

Desempenho e segurança

De acordo com testes feitos pela empresa, um novo PC com o processador Intel Core vPro de 11ª geração oferece desempenho do Microsoft Office 52% melhor* e produtividade do Office 41% mais rápida durante uma chamada de vídeo. Além disso, oferece edição de vídeo até 2,5x mais rápida com a Adobe Creative Cloud**.

Além do desempenho, a segurança também foi um ponto de aprimoramento da nova versão. O Intel Hardware Shield, que começou na 8ª geração e contou com melhorias desde então, está em sua melhor versão. Ele ajuda a minimizar o risco de instalação de código malicioso bloqueando a memória no BIOS quando o software está em execução. Tudo isso para ajudar a evitar que malwares comprometam o sistema operacional.

“O reforço da proteção dos computadores das empresas é imprescindível atualmente. A plataforma Intel vPro é arquitetada com recursos avançados de segurança baseados em hardware, que ajudam a minimizar os riscos associados às ameaças digitais”, explica Carlos Buarque.

Na prática, a principal diferença sentida pelos colaboradores é uma experiência de computação premium, que suporta alta produtividade em sua força de trabalho.

Em uma pesquisa com decisores de TI, 91% deles ​​relataram que a plataforma Intel vPro® os ajudou a responder às necessidades dos funcionários mais rapidamente após a quarentena, o que significa que a resposta a adversidades teria demorado mais se eles não tivessem adotado a plataforma.

PUBLICIDADE

Atualmente, a linha Latitude, da Dell, já conta com a nova geração no país. A Intel afirma que em breve novos modelos chegarão ao mercado brasileiro, de acordo com os planos de lançamento dos diferentes fabricantes de computadores parceiros da companhia.

*Conforme medido pelo escore geral de aplicação do PC Mark 10 do processador Intel® Core™ vPro® i7-1185G7 da 11ª Geração em comparação com o processador Intel® Core™ vPro® i7-8650U da 8ª Geração.

**Conforme medido pelo fluxo de trabalho de Edição de Vídeos. Processador Intel® Core™ vPro® i7-1185G7 da 11ª Geração em comparação com o processador Intel® Core™ vPro® i7-8650U da 8ª Geração.

O desempenho varia de acordo com o uso, a configuração e outros fatores. Clique para saber mais.