Clear Corretora

Oferecido por
Conteúdo Patrocinado

O que é possível aprender com os traders que buscam o sucesso

Muito estudo, trabalho e planejamento, além das melhores ferramentas para operar, separam os ganhos do fracasso na bolsa

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores
Traders
A trader Carine Fernandes vivenciou mais uma experiência radical e a convite da Clear saltou de paraquedas

Ganhar muito dinheiro, em pouco tempo e se possível sem maiores sobressaltos é o sonho de muita gente. Na prática, a realidade se impõe e mostra que o sucesso profissional e financeiro leva tempo e exige muito trabalho e estudo, além da capacidade de resistir aos erros e persistir. No mundo de quem opera na bolsa, os chamados traders, não poderia ser diferente. Os desafios são muitos, mas o essencial que separa o sucesso do fracasso é o nível maior ou menor de amadorismo de quem dá os primeiros passos como trader.

Pouco estudo, falta de planejamento e também o desconhecimento do melhor uso das ferramentas e plataformas para atuar estão entre os maiores riscos de falhas. Os relatos de quem vem obtendo sucesso na bolsa incluem dedicação, estudo, resiliência a perdas que ocorrem e muito planejamento.

O primeiro problema de quem começa como trader, destaca Charlles Nader, da Clear Corretora, especializada em mercado de ações, é a urgência.

“Quem chega na bolsa para operar achando que vai ganhar muito dinheiro em uma semana, um mês ou no primeiro ano e sem qualquer planejamento de longo prazo vai se frustrar. O primeiro trabalho que fazemos é reduzir esta taxa de ganância que só prejudica”, explica Nader.

Mesmo quem escolhe operar como Day Trader, compra e venda no mesmo prazo, precisa ter uma estratégia de longo prazo, na visão do especialista da Clear, corretora do Grupo XP Inc.

Valores e alavancagem

Um exemplo prático citado por Charlles Nader é definir um lote do tamanho ideal para operar e não exagerado. No extremo conservadorismo, o ideal é um contrato para cada R$ 5 mil, no conservadorismo de 2 a 3 contratos por milhar.

“Quando passa de 3 contratos por milhar, os traders não têm muito tempo de raciocinar. Quem opta por 5 contratos por milhar já complica, o coração palpita. Pode perder o raciocínio dentro da sessão do pregão e fica fácil errar.”

Outra dica técnica é escolher o nível certo de alavancagem para operar na bolsa, que na Clear pode ser de até 125 vezes. Operar alavancado, seja como Day Trader ou Swing Trader, é uma estratégia em que o investidor movimenta volumes financeiros bem superiores ao que possui em conta, potencializando ganhos, mas também prejuízos.

PUBLICIDADE

O planejamento que separa sucesso ou fracasso no trade é a definição de limites de perda ou ganhos – stop loss e stop gain. “Não adianta só ficar batendo na ação. É preciso saber o quanto se quer ganhar e qual o limite de perda que se suporta. Quando chega naquela meta, os traders precisam sair da mesa, realizar o ganho e esperar outra oportunidade”, explica Nader.

Invista na corretora feita para traders. Abra uma conta na Clear.

Aprendizado

A indisciplina em relação aos limites definidos pode gerar perdas significativas. Foi o que ocorreu com Diego Semedrini, que faz Day Trade com ações e um pouco de mini contrato de dólar e de índice.

“Desde que comecei a estudar mais e fiz mentoria, entendi a importância de ter limites de stop loss e stop gain, mas há dois meses não respeitei o planejamento e me dei muito mal”, comenta Semedrini, que dedica as manhãs a operar na bolsa.

Aos 36 anos, esta é a terceira tentativa de Semedrini de se estabelecer como Day Trader. “Na primeira, foi sem qualquer conhecimento e claro que deu errado. Na segunda já busquei ajuda, mas tive que parar por questões pessoais. Agora de fato conheço mais o mercado, sei meus limites e só opero com 2 a 3 operações por dia. Pretendo viver disto.”

Já Carine Fernandes decidiu estudar o assunto no início da pandemia e, como tem um perfil de quem gosta do risco (agressivo), começou a operar com Opções Binárias — investimentos que tem como base a expectativa de alta ou queda de um ativo e são mais arriscados.

“Em uma das minhas primeiras operações em binárias, perdi o valor de um carro zero importado. Percebi que era muito risco e parei”, lembra.

PUBLICIDADE

Depois do forte golpe, seguiu estudando e teve a indicação da mentoria de Day Trade de Ariane Campolim, influenciadora da Clear. Para levantar o valor do curso, Carine abriu uma conta na Clear e aplicou R$ 250. “Conseguiu ganhar R$ 3 mil. A partir daí, já cursando a mentoria, a trajetória foi de muita preparação intelectual e emocional.”

Hoje, a investidora coordena três CPFs na B3: o da mãe, o do pai e o dela. Utiliza limites de ganho e de perdas para sair dos papeis e, recentemente, conseguiu um retorno muito bom, lucrando cerca de R$ 25 mil em mini dólar. “Só faço Day Trade pela manhã e à tarde estudo para aprender mais.”

Em junho, Carine vivenciou mais uma experiência radical e a convite da Clear saltou de paraquedas junto com as influenciadoras Ariane Campolim e Bea Aguilar.

A ideia era fazer um paralelo da aventura e liberdade possibilitada pelo salto com a atividade de operar Day Trade. “Pode não parecer, tenho menos medo de operar Day Trade do que pular de paraquedas. Mas depois que pula, é só apreciar a sensação maravilhosa de adrenalina”, lembra.

Domínio das ferramentas

A importância de conhecer as ferramentas disponíveis para análise dos papeis, seleção e de como operar é também destacada por Nader, da Clear. “Tem muito recurso para análise das ações, acompanhamento do pregão, programação das operações. Tudo ajuda no bom trabalho do trader, seja Day Trader ou Swing Trader”, diz.

A Clear investiu nos últimos anos R$ 10 milhões em infraestrutura e inovação da plataforma. Foi a primeira a zerar a taxa de corretagem na bolsa e agora também é pioneira no uso de inteligência artificial para melhorar o desempenho dos clientes.

A ferramenta Assistente de Inteligência Artificial (AIA) ajuda os traders a gerirem melhor os riscos e evoluírem suas performances no mercado financeiro. Na prática, a ferramenta detecta padrões de comportamento nas operações do trader e emite alertas para seus vieses e possíveis armadilhas.

PUBLICIDADE

Neste ano, a Clear lançou o novo aplicativo (app) com uma série de funções como filtro, gráficos e favoritos. “O cliente que investe em conhecimento, estuda o mercado e tem as ferramentas adequadas vai se desenvolvendo e o retorno vem. O dia a dia de um trader não é só comprar e vender. Precisa de planejamento”, ressalta Nader.

Invista na corretora feita para traders. Abra uma conta na Clear.