Clientes ContaAzul de São Paulo já emitem NFS-e sem certificado digital

O novo recurso vai permitir que as pequenas empresas ganhem tempo e economizem dinheiro, com muito mais organização, agilidade, além da integração com o financeiro, vendas, contabilidade e relatórios. As novidades valem para quem tem empresa sediada na capital paulista, é optante pelo Simples e vende serviço.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores

Publicidade

Sistema de gestão online para pequenas empresas é o primeiro a oferecer esse recurso, que permite ganho de tempo e economia, para empreendedores A NFS-e (Nota Fiscal de Serviço Eletrônica), documento digital que atesta a realização de uma prestação de serviço para uma empresa ou consumidor final, já pode ser emitida sem a necessidade de uma certificação digital, pelo menos para os clientes da ContaAzul , líder no mercado brasileiro de softwares para pequenas empresas.

O passo a passo para emitir NFS-e sem certificado é extremamente simples.

“Posterguei ao máximo a aquisição do meu certificado digital. Eu enxergava duas desvantagens: um investimento que parecia não valer muito a pena (R$300,00 por ano), visto a quantidade de notas que emito; e as incompatibilidades com a plataforma iOS. Para a minha sorte recebi uma feliz ligação de um colaborador do ContaAzul , que informou que seus engenheiros estavam trabalhando na emissão de NFe sem a necessidade de certificado digital e perguntando se eu não gostaria de fazer um teste. Os testes deram certo e hoje consigo emitir normalmente, sem me preocupar. Agradeço à toda equipe ContaAzul por me proporcionar mais esta facilidade, tornando meu dia muito mais produtivo,” disse Leandro Sosi, empresário do estúdio de áudio www.leandrososi.com.br.

Continua depois da publicidade

O novo recurso vai permitir que as pequenas empresas ganhem tempo e economizem dinheiro, com muito mais organização, agilidade, além da integração com o financeiro, vendas, contabilidade e relatórios. As novidades valem para quem tem empresa sediada na capital paulista, é optante pelo Simples e vende serviço.

A autenticidade de uma nota fiscal eletrônica é garantida pelo uso de um certificado digital (e-CNPJ), um tipo de assinatura eletrônica emitida por entidades credenciadas. No caso das notas de serviço, transmitida à Prefeitura do município de origem da empresa, cada cidade pode definir exceções. No caso de empresas de serviço em São Paulo, são dispensadas de usar o certificado as optantes pelo Simples Nacional. Isso só é possível usando o emissor de nota da prefeitura paulistana.

O time de engenharia da ContaAzul desenvolveu essa nova funcionalidade no sistema para garantir que as empresas da capital paulista tenham a possibilidade de emitir nota pelo site da prefeitura, mas por dentro do sistema ContaAzul . O melhor é que isso garante todas as vantagens de um sistema integrado de gestão.

Para usar, basta que o empreendedor tenha os dados de acesso ao site da prefeitura, como login e senha. As próximas NFS-e emitidas pelo ContaAzul desta forma ficam sincronizadas com o site da prefeitura. Para emitir a nota sem o certificado digital é preciso que as empresas atendam a alguns pré-requisitos: Ter CNPJ registrado e regular, com sede em São Paulo, em atividades de prestação de serviço, estar com a inscrição municipal regular, junto à prefeitura e possuir cadastro aprovado e senha válida no sistema emissor de NFS-e da prefeitura de São Paulo.

O passo a passo para emitir NFS-e sem certificado é extremamente simples. No primeiro acesso ao ContaAzul o pequeno empresário terá a opção de gerar uma nota sem certificado. Basta preencher CNPJ e senha do site utilizada para logar no portal da Prefeitura da cidade de São Paulo. É possível, inclusive, importar o histórico de clientes para ter os cadastros sincronizados no sistema ContaAzul.

Basta emitir as notas e se os clientes e serviços prestados já estiverem registrados no sistema ContaAzul, como no caso de contratos ou vendas recorrentes, a NFS-e sai em poucos segundos.
Testes foram realizados para garantir que as notas sem certificado estejam válidas e sem erros. A estrutura técnica da ContaAzul utiliza protocolos seguros para se comunicar com o site da Prefeitura de São Paulo e fazer a emissão da nota para os usuários do sistema. É como se um assistente virtual pegasse os dados do ContaAzul?—?clientes, serviços vendidos, valores e alíquotas de impostos?—?e acessasse o sistema da prefeitura para criar a nota.

Conduzida desta forma a emissão é efetivamente realizada pelo site da prefeitura, mesmo que você não tenha acessado diretamente o site. É isso que assegura a regularidade de uma nota gerada sem certificado digital.

As notas emitidas ficarão arquivadas e sincronizadas entre ContaAzul e site da prefeitura. A vantagem é que as vendas, contas a receber e fluxo de caixa do ContaAzul já serão atualizados automaticamente. O envio de documentos ao contador também é mais ágil e preciso, para quem usa a integração com o contador.

No caso daqueles que utilizam boleto bancário, também fica mais fácil emitir e enviar tudo para o cliente por dentro do software ContaAzul. Tudo isso oferece ganhos de tempo na gestão para que os empresários sigam em busca do sucesso do próprio negócio.
Website: http://www.contaazul.com

Tópicos relacionados