Fundos Imobiliários

Vacância de escritórios em SP atinge o menor nível em um ano – e expectativa é de que fique ainda menor

Joana Mattos Silva e Mariana Hanania, da Newmark Brasil, foram as convidadas do programa "Fundos Imobiliários"

SÃO PAULO – Em um cenário de juros baixos e inflação sobre controle, o mercado imobiliário tem apresentado melhora em seus principais indicadores, como a taxa de vacância. O índice, que chegou a 23% no terceiro trimestre de 2018 nos escritórios em São Paulo, hoje está em seu menor nível em 12 meses, de 16,8% – e pode cair ainda mais nos próximos anos. É o que diz a consultoria Newmark Brasil.

Em entrevista ao programa “Fundos Imobiliários” do professor do InfoMoney Arthur Vieira de Moraes, Joana Mattos Silva, diretora de valuation da Newmark, e Mariana Hanania, responsável pela área de pesquisa de mercado da empresa, afirmaram que veem a taxa de vacância na capital paulista chegando aos 14% ao fim de 2021.

PUBLICIDADE

Com escritórios mais valorizados já ocupados, especialmente em regiões paulistanas como Itaim, Vila Olímpia e Avenida Paulista, restam apenas ativos em outras regiões, com preços menores. E isso impulsiona o lançamento de empreendimentos em outros bairros, ao contrário do que acontecia anteriormente, em que ficavam concentrados em polos específicos.

Durante a entrevista, Mariana e Joana comentaram sobre a redução de estoque de imóveis em 2019, o histórico de preços do setor e o que muda na avaliação desses empreendimentos com a queda da taxa Selic.

Confira a entrevista completa no vídeo acima.

Invista em fundos imobiliários com taxa zero: abra uma conta gratuita na Rico