UTEC11: novo ETF permite investir a partir de R$ 10 em empresas como Apple, Microsoft e Mastercard

A taxa de administração do fundo de índice é de 0,3% ao ano

Katherine Rivas

Publicidade

Um novo ETF (fundo de índice) chegou à Bolsa nesta quinta-feira (19). O UTEC11, da XP Asset, permite ao investidor ter acesso a 357 empresas de tecnologia listadas nas bolsas dos Estados Unidos. Na sua maioria, são grandes empresas globais (big techs), dos segmentos de tecnologia, hardware, software, semicondutores, entre outros.

O UTEC11 replica o desempenho do índice MSCI US Investable Market Information Technology 25/50. Entre os maiores pesos da cesta de ativos é possível encontrar empresas como: Apple, Microsoft, Nvidia, Visa, Mastercard, Broadcom, Cisco, Accenture, Adobe e Inter Corp.

O fundo de índice possui taxa de administração de 0,3% ao ano. O rebalanceamento da cesta é trimestral e as revisões ocorrem geralmente nos meses de fevereiro, maio, agosto e novembro.

Oferta Exclusiva para Novos Clientes

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

O produto já está disponível para todo tipo de investidores, incluindo pessoas físicas. O valor inicial de investimento é de R$ 10.

“O UTEC11 agrupa empresas que estão na vanguarda da tecnologia global, impulsionando disrupções que transformam o dia a dia das pessoas em diversas áreas, como comunicação e finanças”, afirma Danilo Gabriel, gestor da família de fundos indexados da XP.

Com o UTEC11, a XP Asset reúne na sua família de fundos passivos 16 ETFs. Estes englobam teses internacionais, com exposição a Europa, China, Ásia e mercados emergentes. É possível encontrar também ETFs temáticos, com empresas ESG (ambiental, social e governança), ações small caps, REITs, fundos imobiliários e as ações mais negociadas do índice Ibovespa.

Continua depois da publicidade

Ainda não investe no exterior? Estrategista da XP dá aula gratuita sobre como virar sócio das maiores empresas do mundo, direto do seu celular – e sem falar inglês

Katherine Rivas

Repórter de investimentos no InfoMoney, acompanha ETFs, BDRs, dividendos e previdência privada.