Renda fixa

Títulos públicos operam em queda nesta quarta-feira

Investidores monitoraram dados dos EUA, coronavírus no mundo e votação da PEC do "Orçamento de Guerra", no Brasil

SÃO PAULO – Em mais um dia pautado pela cautela, com investidores de olho nas notícias sobre o coronavírus ao redor do mundo e repercutindo dados dos Estados Unidos, as taxas de títulos públicos negociados via Tesouro Direto, operam em queda na tarde desta quarta-feira (15).

O Tesouro IPCA+2026 oferecia um prêmio anual de 3,15%, ante 3,32% a.a. na tarde de terça-feira (14), enquanto o juro do papel com juros semestrais e prazo em 2030 cedia de 3,75% para 3,64% ao ano.

Nos papéis com retorno prefixado, o título com vencimento em 2026 pagava 6,77%, ante 6,89% ao ano ontem, enquanto o retorno do Tesouro Prefixado com juros semestrais e vencimento em 2031 cedia de 7,72% para 7,55% ao ano.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos ofertados nesta quarta-feira (15):

Fonte: Tesouro Direto

Noticiário

Entre os destaques do dia, investidores monitoraram a divulgação dos balanços do primeiro trimestre do Bank of America, Goldman Sachs e Citigroup, bem como a publicação de indicadores como as vendas do varejo em março, o índice Empire State da manufatura no Estado de Nova York e, na parte da tarde, o Livro Bege, pelo Federal Reserve.

No varejo, os EUA registraram retração de 4,5% nas vendas em março, queda maior que a esperada pelo mercado, de 2,50%. Já o indicador Empire State Manufacturing registrou baixa de -78,2 em abril, ante estimativa de -35.

A produção industrial da maior economia do mundo também decepcionou, com contração de 5,4% em março, ante expectativa mediana de queda de 4%. No mês anterior a produção havia crescido 0,5%. A utilização de capacidade instalada, por sua vez, caiu de 77% para 72,7% no mês passado.

Ainda no cenário externo, pesou sobre os mercados a previsão feita pela Agência Internacional de Energia (AIE) de queda recorde na demanda do petróleo por conta do coronavírus. Por volta das 17h, o preço do barril do Brent caía 5%, a US$ 28,11.

A medida do Banco do Povo da China, que reduziu hoje a taxa de empréstimos interbancários de 3,15% para 2,95% ao ano, também foi interpretada negativamente pelo mercado, que vê como um sinal de que a economia chinesa precisará de mais estímulos para se recuperar totalmente da pandemia.

Por aqui, na esteira de medidas para minimizar os impactos do coronavírus sobre a economia, a votação da PEC do “Orçamento de Guerra“, em primeiro turno no Senado, ainda está prevista para hoje.

Outro assunto no radar foi a aprovação no plenário da Câmara dos Deputados da Medida Provisória 905/19, que cria o contrato de trabalho Verde e Amarelo. O texto prevê, entre outros pontos, o incentivo para o primeiro emprego, com a redução de encargos trabalhistas, e considera acidente de trabalho no percurso casa-emprego somente se ocorrer no transporte do empregador. A medida precisa ser analisada ainda pelo Senado e perde a vigência no próximo dia 20.

Invista a partir de R$ 100 no Tesouro Direto com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Rico!