Renda fixa

Taxas de títulos do Tesouro Direto apresentam queda em dia de prévia do PIB

Em fevereiro, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 1,70% na comparação com janeiro, acima do esperado pelo mercado

Notas de 50 e 100 reais
(Shutterstock)

SÃO PAULO – As taxas oferecidas pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentavam queda na tarde desta segunda-feira (19), em dia de prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil em fevereiro e com os investidores de olho no noticiário em Brasília.

No Tesouro Direto, o papel com retorno prefixado e vencimento em 2026 pagava um prêmio anual de 8,38%, ante 8,57% ao ano na tarde de sexta-feira (16). Da mesma forma, a taxa paga pelo Tesouro Prefixado 2024 cedia de 7,97% para 7,82% ao ano.

Entre os papéis indexados à inflação, o título com prazo em 2035 pagava uma taxa de 4,06% ao ano nesta tarde, contra 4,08% anteriormente. Já o juro real pago pelo Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2030 recuava de 4,00% para 3,97% ao ano.

Confira os preços e as taxas atualizadas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto nesta segunda-feira (19):

Fonte: Tesouro Direto

Orçamento e IBC-Br

Entre os destaques do dia na cena doméstica, investidores acompanharam de perto o impasse sobre o Orçamento de 2021, que deve ser sancionado ou vetado até esta quinta-feira (22). A expectativa é de que o presidente Jair Bolsonaro vete parcialmente as emendas, recompondo os gastos obrigatórios.

Segundo reportagem do jornal Valor Econômico, a relação entre Paulo Guedes e o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), já enfrenta dificuldades. Um dos motivos teria sido a resistência para que Guedes reconhecesse que errou na condução das negociações para o Orçamento, atribuindo falhas ao Congresso.

O Orçamento vem sendo chamado de “fictício” por não destinar despesas o suficiente para gastos obrigatórios, ao mesmo tempo em que ampliou gastos com áreas como defesa, segurança pública e com emendas parlamentares, por meio das quais congressistas podem fazer obras em seus redutos eleitorais.

Da forma como está, o Orçamento levaria à paralisação da máquina pública, o que obriga o governo a buscar formas de alterá-lo.

Na agenda de indicadores, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB) do BC, teve alta de 1,70% em fevereiro na comparação com janeiro. O resultado veio acima do esperado pelos economistas consultados pela Bloomberg, de alta de 0,9%.

PUBLICIDADE

Mas, no relatório Focus, divulgado nesta manhã pelo BC, os economistas voltaram a reduzir, pela sétima semana consecutiva, as expectativas para o crescimento do PIB este ano, desta vez, de 3,08% para 3,04%.

Para 2022, as estimativas apontam para expansão de 2,34% da economia brasileira, em linha com o crescimento de 2,33% estimado anteriormente.

Com relação às projeções para a inflação, estas também foram elevadas, de 4,85% para 4,92%, em 2021, e de 3,53% para 3,60%, em 2022.

Por fim, no que tange à taxa básica de juros, os economistas consultados pela autoridade monetária veem a Selic encerrando o ano em 5,25% ao ano, e subindo para 6,00% até o fim de 2022, sem alterações em relação às estimativas anteriores.

Destaque ainda para o Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), que subiu 1,17% na segunda prévia de abril, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice acumulou alta de 9,52% no ano e aumento de 31,57% em 12 meses.

No noticiário de coronavírus, o estado de São Paulo iniciou ontem a fase de transição, uma nova etapa entre as fases vermelha e laranja, permitindo a abertura de comércio e atividades em horários reduzidos.

As atenções também recaíram sobre a CPI da Covid, que pretende convocar 15 ministros, ex-ministros e ocupantes de postos de comando no combate à Covid no Brasil, segundo o jornal O Globo. O grupo que controla a CPI quer que o ministro da Economia, Paulo Guedes, explique os valores gastos com o auxílio emergencial.

Ambiente internacional

Na cena externa, os mercados monitoraram o noticiário de vacinação que, na avaliação de investidores e analistas, deve ditar o ritmo de retomada da economia.

PUBLICIDADE

Na semana passada, a Food and Drug Administration (FDA), agência responsável pela aprovação de medicamentos e alimentos nos Estados Unidos, pediu que estados parassem temporariamente de usar a vacina de dose única desenvolvida pela Johnson & Johnson’s por uma “abundância de cuidado”, após seis mulheres desenvolverem um tipo raro de coágulo sanguíneo.

No domingo, contudo, o conselheiro chefe da Casa Branca para questões médicas, Anthony Fauci, afirmou em entrevista à rede NBC que espera que os EUA voltem a administrar a vacina.

Leia também:
BofA eleva previsão para lucro das empresas nos EUA em 2021, mas mantém projeção para a Bolsa; entenda

Investidores também repercutiram a temporada de resultados trimestrais, referente aos meses de janeiro a março deste ano, com destaque para Coca-Cola, IBM e United Airlines nesta segunda.

Ranking Melhores Fundos InfoMoney-Ibmec
Descubra quais são e como investem os melhores fundos de investimento do país:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.