RADAR INFOMONEY Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Por que o mercado "gostou" do aumento na conta de luz? Assista ao programa desta terça

Renda fixa

Tesouro pretende lançar título prefixado com vencimento acima de 10 anos

Segundo documento, criação depende de condições do mercado e visa contribuir para a melhora da dívida pública

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em meio a um ambiente de juros no menor patamar histórico, o Tesouro Nacional pretende emitir títulos públicos prefixados com vencimentos mais longos, acima de dez anos. O assunto consta no Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2020, divulgado pelo Tesouro Nacional nesta terça-feira (28).

De acordo com o documento, a criação depende das condições de mercado e visa “contribuir para o alongamento da estrutura a termo de taxas de juros, com externalidades positivas para o mercado de capitais”.

Atualmente, o título prefixado de maior prazo oferecido no Tesouro Direto e disponível para compra corresponde ao com juros semestrais e vencimento em 2029. Os outros dois papéis disponíveis para aplicação vencem em 2022 e 2025 e não contam com o pagamento de cupons semestrais.

Esta não é a primeira vez que o assunto vem à tona. Em outubro passado, o Tesouro confirmou que estava estudando a criação de um novo título público prefixado com vencimento de pelo menos 20 anos.

Segundo o PAF, diante do vencimento, a partir de 2021, de títulos indexados à Selic (LFTs) que foram ofertados em 2015, “se abrirá uma interessante janela de oportunidade para a substituição [desses papéis] por instrumentos com taxas prefixadas ou remunerados por índices de preços”.

Retorno prefixado

Ao comprar um papel prefixado (conhecido anteriormente por LTN), o investidor está fixando na compra o rendimento que será pago no futuro. Até o vencimento, contudo, o retorno irá oscilar de acordo com o comportamento dos juros: caso as taxas subam, o valor desses papéis será ajustado para baixo – o que pode levar o investidor à perda de dinheiro. E vice-versa.

Leia também: 
Alan Ghani: Título público prefixado de 20 anos seria ótimo para o Brasil – e para você
Onde ainda vale a pena investir na renda fixa? Ibiuna e JGP respondem

Desta forma, esse tipo de papel é indicado para quem acredita que as taxas de juros tendem a cair, ou para quem quer garantir determinado rendimento anual, com intenção de resgatar o papel apenas na data de vencimento.

Invista a partir de R$ 100 no Tesouro Direto com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Rico