renda fixa

Tesouro Direto: taxas recuam com maior otimismo sobre a reforma da Previdência

Mercado tem bom humor em meio às expectativas da votação na Comissão Especial da Câmara

SÃO PAULO – As taxas dos títulos públicos negociados no Tesouro Direto, programa que possibilita a compra e venda dos papéis por investidores pessoas físicas por meio da internet, apresentam queda na manhã desta quinta-feira (4).

Dentre os destaques do dia estão as expectativas de que a reforma da Previdência possa ser votada ainda hoje na Comissão Especial da Câmara dos Deputados.

Com os negócios fechados nos Estados Unidos por conta do feriado de Independência, as bolsas externas operam sem fortes sinais, mas refletindo os dados de emprego divulgados na véspera,que mostraram que o setor privado norte-americano gerou, em junho, menos postos de trabalho do que o previsto pelo mercado.

PUBLICIDADE

Saia da poupança e faça seu dinheiro render mais: abra uma conta gratuita na Rico

No Tesouro Direto, o papel prefixado com vencimento em 2022 pagava uma taxa de 6,08% ao ano, ante 6,27% a.a. na abertura de ontem. Já o título com vencimento em 2025 oferecia retorno anual de 6,96%, ante 7,10% a.a. na véspera. O investidor podia adquirir o papel integralmente por R$ 691,42 ou aplicar uma quantia mínima de R$ 34,57 (recebendo uma rentabilidade proporcional à aplicação).

A queda nas taxas também era encontrada nos títulos indexados ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como o com vencimento em 2024, que pagava a inflação mais uma taxa de 3,02% ao ano, ante 3,12% a.a. na quarta. Os papéis com vencimentos em 2035 e 2045, por sua vez, pagavam um prêmio anual de 3,58%, ante 3,64% a.a. anteriormente.

Confira, abaixo, os preços e as taxas dos títulos do Tesouro Direto nesta quinta-feira:

<!– TD class="tabelaTitulo" rowspan=2 align=center>Indexador</TD –>

Título VencimentoTaxa de Rendimento (a.a.)Valor MínimoPreço Unitário
Indexados ao IPCA 
Tesouro IPCA+ 202415/08/2024IPCA + 3,02%R$ 55,47R$ 2.773,97
Tesouro IPCA+ 203515/05/2035IPCA + 3,58%R$ 37,02R$ 1.851,34
Tesouro IPCA+ 204515/05/2045IPCA + 3,58%R$ 39,10R$ 1.303,62
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 202615/08/2026IPCA + 3,16%R$ 38,70R$ 3.870,76
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 203515/05/2035IPCA + 3,48%R$ 42,24R$ 4.224,35
Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais 205015/08/2050IPCA + 3,70%R$ 46,49R$ 4.649,30
Prefixados 
Tesouro Prefixado 202201/01/20226,08%R$ 34,52R$ 863,21
Tesouro Prefixado 202501/01/20256,96%R$ 34,57R$ 691,42
Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 202901/01/20297,21%R$ 35,54R$ 1.184,97
Indexados à Taxa Selic 
Tesouro Selic 202501/03/2025Selic + 0,02%R$ 101,85R$ 10.185,25

Fonte: Tesouro Direto

PUBLICIDADE

Baixo risco, liquidez e acessibilidade

O Tesouro Direto é considerado a opção de investimento com o menor risco no Brasil e com ampla acessibilidade, dado o investimento mínimo a partir de R$ 30. Outra vantagem do programa diz respeito à liquidez, com a possibilidade de recompra diária dos títulos públicos pelo Tesouro.

O investidor pode aplicar em títulos públicos diretamente pelo site do Tesouro, se cadastrando primeiro no portal e abrindo uma conta em uma corretora para intermediar as transações. Atualmente, a maior parte das instituições financeiras habilitadas a operar no programa não cobra taxa de administração.

O único custo obrigatório que recai sobre o investimento em títulos públicos pelo Tesouro Direto corresponde à taxa de custódia, de 0,25% ao ano sobre o valor dos títulos, cobrada semestralmente no início dos meses de janeiro e de julho. Além disso, há incidência de Imposto de Renda sobre os rendimentos, com uma alíquota que varia de acordo com o período de investimento (tabela regressiva).

Invista a partir de R$ 30 no Tesouro Direto com taxa ZERO: abra uma conta gratuita na Rico