Renda fixa

Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos operam em estabilidade, com tensão Rússia e Ucrânia e ata do Fomc no radar

Papéis prefixados oferecem juros de até 11,63% ao ano, enquanto retorno real máximo de títulos atrelados à inflação chega a 5,66%

Por  Bruna Furlani -

Após o anúncio na véspera de que o governo russo teria retirado parte das tropas da fronteira com a Ucrânia, agentes financeiros acompanham notícias desencontradas envolvendo a tensão entre os dois países e o resto do Ocidente nesta quarta-feira (16).

A preocupação segue intensa porque hoje pela manhã, a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) afirmou que a Rússia está aumentando as tropas na fronteira. A declaração partiu de Jens Stoltenberg, que é chefe da organização, e que disse: “Parece que a Rússia continua sua formação militar”.

Ao mesmo tempo, o governo russo anunciou hoje o fim dos exercícios militares na Criméia, área que pertencia à Ucrânia e que foi anexada por Moscou em 2014.

Destaque também para a ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), que pode mostrar uma postura mais dura do banco central americano no combate às pressões inflacionárias. O documento será apresentado logo mais às 16h.

Atenção ainda para o adiamento da votação de projetos sobre o preço dos combustíveis, que estava prevista para hoje à tarde.

Dentro desse cenário, a maioria dos títulos públicos negociados no Tesouro Direto opera com estabilidade nas taxas, sendo que alguns papéis registram recuo nos retornos, às 15h20.

Nesse horário, o juro oferecido pelo Tesouro Prefixado 2031, por exemplo, recuava de 11,49%, na sessão anterior, para 11,41%. O valor é menor do que os 11,38% registrados no começo do dia.

Da mesma forma, às 15h20, o Tesouro Prefixado 2024 oferecia um retorno de 11,63%, em linha com os 11,64% vistos na sessão de terça-feira e abaixo dos 11,59% do início desta quarta-feira.

Chama a atenção também a estabilidade nas taxas do Tesouro IPCA+2030 e 2040. Na última atualização do dia, a remuneração oferecida por esses papéis era de 5,50% e de 5,61%, nessa ordem, praticamente igual aos 5,51% e aos 5,62%, respectivamente, vistos ontem.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto que eram oferecidos na tarde desta quarta-feira (16): 

Taxas Tesouro Direto
Fonte: Tesouro Direto

Radar externo

No cenário internacional, as bolsas mundiais operam sem direção única com os sinais mistos passados pela Rússia sobre um possível conflito com a Ucrânia.

Dados de inflação vindos do Reino Unido também chamam a atenção. A alta de preços no País chegou a 5,5% em janeiro na comparação anual, um pouco acima das previsões de 5,4% e no maior aumento desde 1992.

Já a produção industrial no Reino Unido subiu 1,2% em dezembro de 2021 frente novembro, acima das projeções do consenso Refinitiv de alta de 0,3%.

Destaque também para as commodities. Após um dia de recuo, os preços do petróleo avançam nesta quarta-feira, com os investidores avaliando os efeitos da tensão Rússia-Ucrânia, ao mesmo tempo em que a oferta global segue apertada e a demanda por combustível se recupera.

O minério segue em queda, ainda que menos expressiva, com os investidores monitorando pressões vindas da China que levaram a uma forte baixa das cotações nas últimas sessões.

Combustíveis e Bolsonaro na Rússia

Em dia de agenda econômica esvaziada, investidores monitoram o adiamento da votação de dois projetos relacionados ao preço dos combustíveis, que estavam na pauta do plenário desta quarta-feira (16). A previsão agora é que eles voltem a ser pautados na semana que vem.

A informação foi confirmada pelo relator das propostas, senador Jean Paul Prates (PT-RN), após reunião com os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), e da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Também na seara política, o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o presidente Russo, Vladimir Putin, se reuniram hoje na Rússia. Após duas horas de reunião, Bolsonaro agradeceu pela parceria com os russos na área de fertilizantes.

“O Brasil é uma potência, em especial, no agronegócio. Existe muito interesse de nossa parte no comércio de fertilizantes, pelo que sou grato ao prezado amigo”, declarou Bolsonaro, que citou interesse russo em plantas brasileiras habilitadas na venda de produtos de origem animal, como carnes. “Compartilhamos de valores comuns, como crença em Deus e defesa da família”, acrescentou.

Sem citar diretamente o conflito com a Ucrânia, Bolsonaro disse ser “solidário” a todos os países que se empenham pela paz. “Mundo é nossa casa e Deus está acima de todos nós. Pregamos a paz e respeitamos todos aqueles que agem dessa maneira, afinal de contas, esse é o interesse de todos nós: paz para o mundo”, afirmou o presidente.

Calculadora de renda fixa
Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe