Renda fixa

Tesouro Direto: taxas de títulos públicos têm forte alta nesta quarta-feira

Investidores repercutiram as falas do presidente Bolsonaro de que a proposta da economia para o Renda Brasil está suspensa

notas de 100 e 50 reais
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As taxas pagas pelos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentavam forte alta na tarde desta quarta-feira (26), com o sentimento de maior aversão ao risco no cenário doméstico.

Isso porque, sem chegar a um consenso sobre o valor do benefício do programa Renda Brasil, o presidente Jair Bolsonaro anunciou, nesta tarde, que a proposta está suspensa. “Proposta como a equipe econômica apareceu para mim não será enviada ao parlamento”, disse o presidente em evento em Minas Gerais.

O benefício do Renda Brasil, que seria concedido com o fim do auxílio emergencial e substituiria o Bolsa Família e outros benefícios sociais, seria anunciado inicialmente ontem, dentro do Pró-Brasil. O megapacote do governo também inclui medidas como a desoneração da folha salarial, a Carteira Verde e Amarela, a nova PEC do Pacto Federativo e outras iniciativas de redução de gasto.

Leia também:
Ao suspender Renda Brasil, Bolsonaro reforça disputa sobre teto de gastos e assusta mercado

Das medidas sociais e econômicas prometidas, apenas o programa habitacional Casa Verde Amarela, que é uma adaptação do Minha Casa Minha Vida, foi anunciado ontem. A principal mudança é a redução das taxas de juros, que serão menores para estados das regiões Norte e Nordeste do país.

Ainda no âmbito político, destaque para a notícia do jornal O Estado de S. Paulo de que os presidentes do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), têm mantido conversas reservadas com ministros do Supremo Tribunal Federal sobre a possibilidade de concorrerem à reeleição, em fevereiro de 2021.

A atenção recaiu ainda sobre a aprovação no Senado do novo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), tornando-o permanente e com mais recursos da União.

Mercado hoje

No Tesouro Direto, o título prefixado com vencimento em 2023 pagava uma taxa de 4,20% nesta tarde, ante 4,06%, na tarde de terça-feira (25). O prêmio pago pelo mesmo papel com juros semestrais e prazo em 2031, por sua vez, subia de 7,16% para 7,31% ao ano.

Entre os títulos indexados à inflação, o papel com juros semestrais e vencimento em 2040 pagava uma taxa anual de 3,79%, ante 3,69% a.a. anteriormente, enquanto o prêmio pago pelo Tesouro IPCA+2035 avançava de 3,68% para 3,78% ao ano.

No câmbio, a maior aversão ao risco levou o dólar a apresentar alta de 1,7% ante o real, negociado a R$ 5,61, por volta das 16h.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos nesta quarta-feira (26):

Fonte: Tesouro Direto

Estados Unidos

Com uma agenda mais esvaziada no exterior nesta quarta-feira, os mercados seguiram cautelosos em meio a novos surtos de casos de Covid-19, enquanto aguardam o discurso do presidente do Federal Reserve (o banco central americano) amanhã.

A expectativa é de que Jerome Powell fale sobre a política monetária dos Estados Unidos e trace uma nova estratégia em relação à inflação no país.

Regra dos 10 tiros: aprenda a fazer operações simples que podem multiplicar por até 10 vezes o capital investido. Inscreva-se!