Tesouro Direto: taxas de prefixados sobem em linha com Treasuries e à espera de ata do Fed

Por outro lado, o juro real oferecido por títulos atrelados à inflação rondam em torno da estabilidade, na primeira atualização do dia

Bruna Furlani

Presidente do Federal Reserve, Jerome Powell fala durante entrevista após reunião do Fomc (Chip Somodevilla/Getty Images)

Publicidade

Os juros oferecidos por títulos do Tesouro Direto operam a segunda sessão consecutiva com movimento misto nesta quarta-feira (3). Em linha com a alta nos rendimentos dos Treasuries (títulos do Tesouro americano) e da curva futura brasileira, os retornos entregues por papéis prefixados apresentam leve elevação, de até 4 pontos-base (0,04 ponto percentual), na primeira atualização do dia.

Por outro lado, o juro real oferecido por títulos atrelados à inflação rondam em torno da estabilidade, no mesmo horário.

O foco está nos Estados Unidos, com a divulgação da ata da última reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês), referente à última reunião da autoridade monetária americana em dezembro passado. O documento será apresentado às 16h (horário de Brasília).

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Hoje mais cedo, o presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano) de Richmond, Thomas Barkin, disse que o “pouso suave” da economia americana neste ano está cada vez mais “concebível”. O dirigente, porém, disse que há riscos importantes no radar que podem levar a novas altas de juros ainda neste ano.

No Tesouro Direto, a maior alta nos juros oferecidos por prefixados era registrada pelo Tesouro Prefixado 2033, que via a rentabilidade avançar de 10,40%, na última sessão, para 10,44% nesta manhã.

Já o juro real mais elevado era entregue pelo Tesouro IPCA+2045, no valor de 5,59%, em linha com os 5,58% da véspera.

Continua depois da publicidade

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto na tarde desta quarta-feira (3):