Tesouro Direto fará sorteios de até R$ 50 mil para investidores do novo título Educa+

Segundo o Tesouro Nacional, a iniciativa foi criada para “estimular o planejamento financeiro” das famílias

Leonardo Guimarães

Publicidade

Quem investe em um dos títulos do Tesouro Educa+ poderá concorrer a prêmios de até R$ 50 mil. A iniciativa foi divulgada nesta quinta-feira (21) pelo Tesouro Nacional e visa “estimular o planejamento financeiro para ciclos educacionais” das crianças, segundo o órgão.

As inscrições para o sorteio foram abertas hoje e seguem até o dia 6 de outubro. O primeiro sorteio está agendado para o dia 11 de outubro. O calendário contempla três sorteios ainda em 2023.

Nos dias 11 de outubro e 18 de novembro, serão sorteados um prêmio de R$ 50 mil, três de R$ 15 mil e dez de R$ 5 mil. No último sorteio do ano, programado para 23 de dezembro, haverá um prêmio de R$ 50 mil, quatro de R$ 15 mil e dez de R$ 5 mil.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Para participar do primeiro sorteio, o investidor deve se inscrever no site oficial da campanha (tesourodiretopremiado.com.br) para obter um “número da sorte”. Como o Tesouro Educa+ estimula aportes recorrentes, os participantes ganharão tickets adicionais por aportes adicionais, podendo acumular até seis números.

“Um prêmio de R$ 50 mil, por exemplo, quando investido no Tesouro Educa+, garante uma renda mensal bastante significativa, podendo chegar a mais de R$ 1 mil ou R$ 2 mil, dependendo da idade da criança ou jovem beneficiário”, diz Rogério Ceron, secretário do Tesouro Nacional.

O Educa+ foi feito para que o investimento das famílias no ciclo educacional dos filhos. É possível fazer aportes mensais com R$ 30. Após o vencimento do título, o investidor passa a receber o investimento de volta com juros e correção inflacionária em parcelas mensais. O montante é pago ao longo de cinco anos.

Continua depois da publicidade