Antecipação

Tesouro Direto: liquidação de resgate antecipado de títulos públicos passa a ocorrer em um só dia a partir de 13/09

Novidade vai valer para solicitações feitas até 13h e visa trazer mais agilidade ao processo

Hands holding Brazilian real notes - Money from Brazil - Notes of Real - Brazil BRL banknote
(Sidney de Almeida/Getty Images)

SÃO PAULO – A B3 informou que, a partir de 13 de setembro, a liquidação dos resgates na plataforma do Tesouro Direto vai começar a ocorrer no mesmo dia em que o investidor fizer a solicitação. A mudança só vai valer para operações realizadas antes das 13h.

Hoje, o prazo é de até dois dias úteis. Se o pedido de resgate for feito de segunda a sexta, até às 18h, o dinheiro fica disponível na conta que o investidor possui em uma instituição financeira a partir das 13h do primeiro dia útil seguinte à solicitação. Já no caso de pedidos de resgates realizado em dias úteis (das 18h00 às 0h00), fins de semana e feriados, hoje a liquidação ocorre a partir das 13h do segundo dia útil seguinte à solicitação.

Com a mudança, a B3 informou que as operações realizadas após 13h serão liquidadas em D+1.

Segundo a Bolsa, a ideia é “antecipar assim o repasse dos recursos financeiros aos participantes e, consequentemente, ao investidor final, que poderá ter acesso aos seus recursos financeiros com mais brevidade”.

As estratégias dos melhores investidores do país e das melhores empresas da Bolsa, premiadas num ranking exclusivo: conheça os Melhores da Bolsa 2021