Renda fixa

Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos avançam com escalada nos preços das commodities

Em movimento contraintuitivo, prefixado de curto prazo pagava mais juros do que título de longo prazo.

Por  Bruna Furlani, Katherine Rivas -

As taxas dos títulos públicos sobem na tarde desta quinta-feira (3). Entre os prefixados alguns títulos avançam mais de 10 pontos-base.

Segundo Cristiane Quartalori, economista do Banco Ourinvest, o que movimentou os juros nos últimos dias foi a escalada nos preços das commodities. Ela explica que no Brasil, a alta destas impacta diretamente nas expectativas da inflação.

“Considerando um cenário em que a inflação já está bastante pressionada, a perspectiva de outro aumento acaba pressionando a curva de juros”, aponta.

O aumento nos preços foi perceptível especialmente no petróleo e trigo.

Dentro do Tesouro Direto, o título prefixado de curto prazo com vencimento em 2025 entregava uma rentabilidade maior do que o título prefixado de longo prazo, com vencimento em 2033. O movimento chama atenção porque é contraintuitivo, já que papéis de prazo mais longo tendem a pagar juros mais elevados porque costumam ser mais sensíveis ao risco.

O Tesouro Prefixado 2025 entregava uma rentabilidade anual de 11,78%, acima dos 11,60%, vistos ontem.  Enquanto o Tesouro Prefixado 2033, com juros semestrais, apresentava uma rentabilidade de 11,73%, superior aos 11,68% registrados na quarta-feira.

O Tesouro Prefixado 2029 também avançava, o título oferecia um retorno anual de 11,70% frente aos 11,62% da sessão anterior.

A maioria das taxas dos títulos atrelados à inflação subiam 3 pontos-base. O Tesouro IPCA+ 2032 tinha a maior alta, o título entregava 5,76% de rentabilidade real, acima dos 5,72% vistos ontem.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto que eram oferecidos na tarde desta quinta-feira (3): 

Radar externo

Rússia e Ucrânia combinam corredor humanitário para retirada de civis e concordam com 3ª rodada de negociações. A data para a próxima rodada de negociações entre as delegações não foi divulgada.

Uma autoridade ucraniana ouvida pela Reuters afirmou que o encontro de hoje não saiu como o esperado, mas que ambos os lados chegaram ao entendimento sobre uma provisão conjunta de corredores humanitários para a evacuação de civis, com cessar-fogo para a operação de retirada.

Por outro lado, Putin afirma que o avanço russo na Ucrânia está “de acordo com o planejado” e “dentro do cronograma”

Segundo o Financial Times, Putin afirmou em discurso que a “operação especial na Ucrânia está indo de acordo com o planejado e em total conformidade com o cronograma”.

Para o presidente russo, “todas as tarefas definidas durante a operação especial na Ucrânia estão sendo cumpridas com sucesso”.

No Brasil

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 4,049 bilhões em fevereiro, o maior resultado para o mês desde 2017. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira pela Secretaria de Comércio Exterior, do Ministério da Economia.

O superávit em fevereiro ficou 108,9% maior do que o registrado no mesmo mês de 2021, quando alcançou US$ 1,836 bilhão. No mês passado, a corrente de comércio (soma das exportações e importações) avançou 28%.

As exportações somaram US$ 22,913 bilhões em fevereiro (+32,6%). Já as importações chegaram a US$ 18,863 bilhões em fevereiro (+22,9%). Na quarta semana de fevereiro (21 a 28), o resultado foi positivo em US$ 1,475 bilhão.


Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa:[/newsletter-signup]

Compartilhe