Renda fixa

Tesouro Direto: juros de títulos públicos recuam e prefixados oferecem até 11,40% ao ano, com alívio no câmbio e à espera de ata do Copom

Às 15h20, papéis atrelados à inflação ofereciam taxas reais de até 5,54% ao ano, como era o caso do Tesouro IPCA +2035 e 2045

Por  Bruna Furlani -

O radar local dos agentes financeiros nesta segunda-feira (7) está focado na revisão para cima das projeções de economistas consultados pelo Banco Central para a inflação oficial neste ano, que avançou de 5,38% para 5,44%. Os dados foram apresentados hoje no Relatório Focus, que é semanal. É o quarto aumento consecutivo.

Mais uma vez, o valor esperado é superior ao teto da meta de inflação para 2022, que é de 5%. O ponto central da meta é 3,5%.

Destaque também para o câmbio. O dólar comercial volta a ter mais um dia de alívio, o que ajuda a impulsionar também um recuo nos juros. Investidores também aguardam a apresentação da ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central amanhã (8), que deve trazer mais detalhes sobre os próximos passos da autoridade monetária na reunião de março.

Nesse cenário, títulos públicos negociados no Tesouro Direto registram queda das taxas na tarde desta segunda-feira, ao contrário do movimento misto do início dos negócios. Às 15h20, o recuo é maior entre papéis prefixados em que os retornos chegam a cair até 10 pontos-base (0,10 ponto percentual).

Na segunda atualização da tarde, os juros oferecidos pelo Tesouro Prefixado 2026 eram de 11,03% ao ano, abaixo dos 11,13% vistos na sessão anterior e dos 11,17% registrados pela manhã.

Da mesma forma, as remunerações entregues pelo papel com vencimento em 2031 e juros semestrais eram de 11,40%. O percentual é inferior aos 11,47% ao ano do início da sessão e dos 11,43% da última sexta-feira (4).

Movimento semelhante também era visto com os retornos reais oferecidos pelo Tesouro IPCA+ 2026, que recuavam de 5,13% para 5,08%, às 15h20.

Confira os preços e as taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra no Tesouro Direto que eram oferecidos na tarde desta segunda-feira (7): 

Taxas Tesouro Direto
Fonte: Tesouro Direto

Relatório Focus e produção de veículos

O destaque da agenda econômica está nos números do Relatório Focus. Embora a projeção de inflação oficial para este ano tenha sido revista, não houve alteração nas estimativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) ou da taxa básica de juros em 2022, que se mantiveram em 0,30% e 11,75% ao ano, respectivamente.

De acordo com o levantamento divulgado hoje, o mercado financeiro agora projeta uma expansão ligeiramente menor para o crescimento do PIB no ano que vem, que passou de 1,55% para 1,53% nesta semana.

Por outro lado, os economistas consultados pelo Banco Central mantiveram as estimativas em 2023 para o câmbio em R$ 5,50%; para inflação oficial em 3,50%; e para a Selic em 8% ao ano.

Atenção ainda para os números da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) divulgados hoje. Segundo a entidade, a produção de veículos caiu 27,4% em janeiro contra o mesmo mês do ano passado, somando 145,4 mil unidades entre carros de passeio, utilitários leves, caminhões e ônibus.

Na comparação com dezembro, a queda foi de 31,1%. Os dados apresentados nesta segunda-feira mostraram que esse foi o pior janeiro da produção da indústria automotiva em 19 anos.

PEC dos combustíveis e “PEC Kamikaze”

Já na seara política, as atenções estão voltadas para a PEC dos combustíveis. No domingo (6), o presidente Jair Bolsonaro (PL) voltou a defender a revisão da carga tributária sobre combustíveis ao dizer que a composição de preços é “bastante grave”.

“Tem que pensar no povo, não no Estado. Em primeiro lugar, a população”, disse Bolsonaro. E depois emendou: “A PEC não é impositiva, é autorizativa em momento de emergência”, argumentou o presidente.

Apesar disso, Paulo Guedes, ministro da Economia, ainda resiste à ideia da PEC. De acordo com o jornal Valor Econômico, o ministro deseja restringir a medida ao diesel e ao biodiesel, o que poderia ter impacto positivo para baixar a inflação e ajudar uma das bases do presidente, que são os caminhoneiros.

O jornal também traz que a “PEC Kamikaze” apresentada na semana passada pelo senador Carlos Fávaro (PSD-MT) e que trata do mesmo assunto não preocupa o ministro Ciro Nogueira, da Casa Civil, onde o texto da PEC dos combustíveis foi redigido. De acordo com o Valor, Nogueira defende que o texto de Fávaro não foi fruto de articulação política nem terá apoio para prosperar.

A PEC Kamikaze planeja permitir que a União repasse até R$ 5 bilhões a Estados e municípios, para projetos de mobilidade urbana que beneficiem idosos. O texto cria ainda um auxílio diesel de R$ 1,2 mil para caminhoneiros e eleva de 50% para 100% o subsídio ao gás de cozinha para famílias de baixa renda.

Segundo o Valor, a perda de receita com a PEC Kamikaze poderia ser superior a R$ 100 bilhões, conforme cálculos da equipe econômica.

Cenário internacional

Enquanto isso, no radar externo, Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu (BCE), disse hoje que a inflação “deve seguir elevada, no curto prazo” e por “mais tempo que o esperado” anteriormente na zona do euro.

Em sessão do Parlamento, a dirigente destacou ainda que a alta de preços é puxada principalmente pelos preços de energia, mas também mencionou que a taxa está cada vez mais “disseminada”.

Lagarde observou também que os riscos à inflação estão voltados para cima, “especialmente no curto prazo”, porém que os indicadores de inflação no longo prazo são mais “consistentes com nossa expectativa”.

Ainda no radar externo, investidores continuam a monitorar a situação na Ucrânia, depois que a Casa Branca alertou que a Rússia pode invadir o país a qualquer momento e a notícia de que o presidente francês, Emmanuel Macron, se preparou para uma viagem a Moscou.

Calculadora de renda fixa
Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe