Enfraquecimento do dólar no radar

Templeton volta a apostar em moedas de países emergentes

O fundo Templeton Global Bond Fund, com US$ 15 bilhões, ampliou investimentos nas moedas da Indonésia e da Índia no quarto trimestre

(Bloomberg) — Michael Hasenstab, famoso gestor de renda fixa da Franklin Templeton, voltou a passear pelo conhecido território dos mercados emergentes para impulsionar suas taxas de retorno em 2021, após admitir derrota no ano passado em uma aposta contra os títulos do Tesouro dos EUA.

O Templeton Global Bond Fund, com US$ 15 bilhões, está negociando “oportunidades de investimento em um conjunto seleto de mercados emergentes resilientes”, enquanto prevê enfraquecimento do dólar e do euro e evita o risco associado aos juros nas nações desenvolvidas, afirmou Hasenstab por e-mail. O fundo ampliou investimentos nas moedas da Indonésia e Índia no quarto trimestre, segundo documentação regulatória divulgada esta semana.

No passado, apostas contrárias em mercados emergentes proporcionaram a Hasenstab taxas de retorno muito superiores, mas o fundo teve desempenho inferior nos últimos anos, em grande parte devido a uma aposta fracassada na alta dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano. O total de ativos despencou de mais de US$ 65 bilhões em 2015 para US$ 15 bilhões no final do ano passado.

“2020 foi desafiador, mas acontecimentos mais para o fim do ano prepararam o terreno para oportunidades atraentes em 2021”, escreveu Hasenstab por e-mail de San Mateo, na Califórnia. “Uma convergência de fatores econômicos, sociais, políticos e médicos apresentaram novas oportunidades de câmbio que nos dão grande otimismo em relação a investimentos, especialmente na Ásia.”

A exposição a moedas de nações em desenvolvimento somada a posições líquidas negativas no dólar australiano e no euro pesaram sobre as taxas de retorno ao longo do ano passado. Mas depois de uma perda de 4,4% em 2020, o fundo subiu 0,4% no último mês.

Moedas de mercados emergentes avançaram mais de 3,5% em relação ao dólar nos últimos três meses. Moedas de economias com dinâmica fiscal relativamente boa e superávit em conta corrente devem se fortalecer em relação ao euro e ao dólar, disse Hasenstab.

Outras apostas do fundo em mercados em desenvolvimento também enfrentaram dificuldades. O fundo tinha enorme posição em títulos em moeda local da Argentina quando o país entrou em moratória em agosto de 2019. Hasenstab também era o maior detentor estrangeiro de dívida soberana da Ucrânia quando o governo optou por uma reestruturação em 2015.

Enquanto isso, a aposta de curta duração que Hasenstab manteve até o início do ano passado pode finalmente estar dando certo. O rendimento dos títulos dos EUA com prazo de 10 anos ultrapassou 1% este mês pela primeira vez desde o início da pandemia e os investidores institucionais se tornaram pessimistas em relação a esses papéis pela primeira vez em mais de três anos.

PUBLICIDADE

A posição vendida de Hasenstab em títulos do Tesouro começou pequena em 2017 e foi crescendo até se tornar a maior aposta do tipo entre todos os grandes fundos globais de renda fixa.

Onde Investir 2021

Baixe de graça o ebook e participe do evento com os melhores especialistas do mercado:

Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.