Exposição internacional

Tecnologia, saúde e cibersegurança: 17 BDRs de ETFs estreiam na B3 nesta semana

Inicialmente, contudo, acesso estará restrito apenas ao investidor qualificado, isto é, com capital investido superior a R$ 1 milhão

(Getty Images)

SÃO PAULO – Estreiam na Bolsa brasileira nesta quarta-feira (15) 13 novos BDRs lastreados em cotas de fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês) internacionais. O grupo se soma a outros quatro fundos que ficaram disponíveis para investimento na B3 nesta segunda (13).

A lista inclui fundos expostos a segmentos diversos, como saúde, tecnologia, energia limpa, cibersegurança e computação em nuvem. Todos os BDRs têm como lastro ETFs listados nos Estados Unidos.

Confira a lista dos 17 novos BDRs de ETFs disponíveis na B3:

Inicialmente, os produtos estarão disponíveis apenas para investidores qualificados, ou seja, aqueles com capital investido superior a R$ 1 milhão, mas a intenção da B3 é que sejam liberados para os investidores pessoas físicas em breve.

Os BDRs são emitidos no Brasil, mas representam outro ativo emitido por companhias abertas, ou assemelhadas, com sede no exterior. Originalmente, o produto era referenciado apenas em ações de empresas estrangeiras.

Mudanças regulatórias promovidas em setembro de 2020 pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) permitiram ao instrumento ter como referência os ETFs – fundos que se propõem a replicar grandes índices do mercado de ações ou de renda fixa –, além de garantir o acesso dos BDRs por qualquer investidor.

De acordo com dados da B3, o mercado de BDRs de ETFs somava em agosto 10,5 mil investidores, um aumento de mais de 2.000% em relação a dezembro de 2020, quando a base somava apenas 419 investidores.

As melhores recomendações de investimentos por 30 dias grátis: conheça o Expert Pass

PUBLICIDADE