Conteúdo Patrocinado
Oferecido por Intel vPro®

Tecnologia antiga prejudica a performance da força de trabalho

PCs lentos derrubam o desempenho e afetam o engajamento das equipes

Aprenda a investir na bolsa

Computadores lentos e que travam a toda hora sempre prejudicaram a produtividade. No atual contexto, em que muitos profissionais se viram obrigados a trabalhar de casa – algumas vezes utilizando o notebook pessoal -, esse problema ganhou maior proporção e evidência. Junte a isso a internet residencial, que nem sempre tem a velocidade adequada, e pronto: está montado um cenário preocupante.

No ambiente corporativo, de forma geral, há um cuidado ao escolher qual computador comprar. Uma pesquisa feita pela consultoria IDC nos Estados Unidos mostrou que, para os tomadores de decisão na área de TI das companhias, a performance é a consideração número 1 quando eles avaliam novos dispositivos.

Só que performance, ao contrário do que pode imaginar o senso comum, não significa apenas velocidade (ainda que inclua esse ponto). Há outros aspectos importantes que também devem ser considerados para garantir alta produtividade.

Aprenda a investir na bolsa

Segurança

Quando os notebooks são testados, essa etapa acontece antes da instalação de alguns programas. Quando alguns deles são instalados, o computador começa a ficar mais lento – e isso inclui o uso de softwares de segurança. Sabendo disso – e como não dá para brincar com a segurança dos dispositivos e das informações -, alguns fabricantes de notebooks acreditam que a melhor alternativa é garantir a segurança não apenas através de softwares, mas também do próprio hardware, com plataformas completas que já vêm de fábrica no computador para garantir a segurança.

Retomada imediata

Outro fator que interfere na produtividade de quem usa o notebook é a capacidade do computador de fazer uma transição rápida entre o modo “hibernar” e o ativo. É algo a se analisar na hora de adquirir um novo notebook.

Capacidade de resposta

Os computadores devem ser avaliados não apenas pela velocidade da CPU para uma única tarefa. A capacidade de resposta de um notebook deve ser medida quando há várias janelas e aplicativos abertos. Só assim será possível saber como o dispositivo irá reagir a cargas mais pesadas de trabalho.

PUBLICIDADE

Suporte remoto

Outro fator que deve ser levado em consideração são os recursos de gestão remota do computador, incluindo hardware e software. A área de TI tem que conseguir gerenciar e reparar computadores à distância, de forma eficiente, rápida e segura para que os funcionários não percam produtividade com computadores lentos, apresentando problemas, ou aguardando deslocamento de técnico para suporte na casa do funcionário.

A escolha correta do notebook melhora sensivelmente o desempenho dos funcionários de uma organização, o que inclui tanto a capacidade de terminar as próprias tarefas quanto de interagir e colaborar com seus colegas de equipe.

Muitas empresas já têm ciência disso. Em uma pesquisa encomendada pela Intel, 86% dos executivos de TI reconheceram que a renovação dos computadores da companhia tem importante papel na alta produtividade dos funcionários. Sabendo disso, 67% dos gestores de TI ouvidos na pesquisa disseram que investiriam mais em PCs em 2020 do que no ano anterior. Além disso, os líderes perceberam que, ao fornecer computadores melhores para seus times eles não melhoram somente o desempenho das equipes, mas também o nível de engajamento. Entre os gestores de TI ouvidos, 87% concordaram que a renovação dos computadores da empresa é um fator importante para a experiência do funcionário.

 

 

 

Importante: A publicação acima é um conteúdo patrocinado, sendo que a Infostocks Informações e Sistemas Ltda. (“InfoMoney”) não tem qualquer responsabilidade pelo conteúdo e informações disponibilizadas, não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações, não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações divulgadas e se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste material ou seu conteúdo. O autor ou empresa responsável pelo conteúdo estão indicados na própria publicação.