Renda fixa

Prefixados pagam 6,14% ao ano nesta quarta-feira; confira taxas do Tesouro Direto

Investidores repercutem aprovação de destaques da reforma da Previdência

arrow_forwardMais sobre
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – As taxas oferecidas pelos títulos públicos negociados no Tesouro Direto, programa que possibilita a compra e venda de papéis por investidores pessoas físicas por meio da internet, ficaram praticamente estáveis na tarde desta quarta-feira (23).

Durante o dia, os investidores acompanharam a aprovação da versão final da Proposta de Emenda Constitucional (PEC) da reforma da Previdência. Com isso, o texto segue agora para promulgação pelo Congresso Nacional – o que deve ocorrer em novembro.

No Tesouro Direto, o título com retorno prefixado e vencimento em 2025 pagava uma taxa de 6,14% ao ano, ante 6,16% a.a. na abertura do dia. O investidor podia adquirir o título integralmente por R$ 734,83 ou aplicar uma quantia mínima de R$ 36,74 (recebendo uma rentabilidade proporcional à aplicação).

Aprenda a investir na bolsa

O papel com vencimento em 2022, por sua vez, oferecia um prêmio anual de 4,96%, o mesmo apresentado anteriormente.

Nos títulos atrelados ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o com juros semestrais e prazo em 2050 pagava a inflação mais 3,32%, enquanto o retorno dos papéis com prazos em 2035 e 2045 se mantinha em 3,16% ao ano.

Na véspera, os contratos de juros futuros computaram alta com o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) acima do esperado induzindo uma correção de aposta em uma decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) ainda mais flexível na próxima semana.

Lá fora, mercados acompanham os desdobramentos no Reino Unido, à espera sobre uma confirmação da ampliação do prazo para o Brexit, inicialmente em 31 de outubro.

Confira, a seguir, os preços e as taxas dos títulos disponíveis no Tesouro Direto:

Fonte: Tesouro Direto

Baixo risco, liquidez e acessibilidade

O Tesouro Direto é considerado a opção de investimento com o menor risco no Brasil e com ampla acessibilidade, dado o investimento mínimo a partir de R$ 30. Outra vantagem do programa diz respeito à liquidez, com a possibilidade de recompra diária dos títulos públicos pelo Tesouro.

PUBLICIDADE

O investidor pode aplicar em títulos públicos diretamente pelo site do Tesouro, se cadastrando primeiro no portal e abrindo uma conta em uma corretora, como a Rico Investimentos, por exemplo, para intermediar as transações. Atualmente, a maior parte das instituições financeiras habilitadas a operar no programa não cobra taxa de administração.

O único custo obrigatório que recai sobre o investimento em títulos públicos pelo Tesouro Direto corresponde à taxa de custódia, de 0,25% ao ano sobre o valor dos títulos, cobrada semestralmente no início dos meses de janeiro e de julho.

Saia da poupança e faça seu dinheiro render mais: abra uma conta gratuita na Rico