Renda fixa

Taxas de títulos do Tesouro Direto sobem nesta quarta-feira com tensão política

Mercado teve aumento de aversão ao risco com nova operação da PF; no exterior, atenção recaiu sobre novos estímulos para conter a crise

arrow_forwardMais sobre
doenças graves
(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Após recuarem na véspera, em meio à deflação do IPCA-15 em maio, as taxas dos títulos públicos negociados via Tesouro Direto apresentam alta na tarde desta quarta-feira (27), refletindo o aumento de aversão ao risco devido ao cenário político.

Os investidores acompanharam hoje mais uma operação da Polícia Federal, que cumpriu 29 mandados de busca e apreensão no inquérito do Supremo Tribunal Federal (STF), que apura a disseminação de fakenews.

Entre os alvos estão o ex-deputado federal, Roberto Jefferson, o empresário Luciano Hang, dono da Havan, e o blogueiro Allan dos Santos. Além deles, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) também ligado ao presidente Jair Bolsonaro, é outro investigado pelo compartilhamento de notícias falsas.

A expectativa também se volta para o veto ao reajuste dos servidores, no projeto de ajuda financeira a estados e municípios, prometido pelo presidente Jair Bolsonaro para esta quarta-feira.

Pela manhã, o Ministério da Economia divulgou os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que mostraram 860,5 mil empregos com carteira assinada no mercado de trabalho em abril. O saldo foi resultado de 598.596 admissões, que recuaram 56,5% na comparação anual, e 1.459.099 demissões, que tiveram aumento de 17,2%.

Mercado hoje

No Tesouro Direto, o título indexado à inflação com prazo em 2026 pagava uma taxa de 2,90% ao ano nesta tarde, ante 2,84% a.a. na tarde de terça-feira (26). O papel Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2030, por sua vez, pagava um prêmio de 3,56% a.a., acima dos 3,49% de ontem, enquanto o prêmio do mesmo título com vencimento em 2055 avançava de 4,28% para 4,38% ao ano.

Entre os papéis prefixados, o juro do título com vencimento em 2023 subia de 4,31% para 4,35% ao ano, enquanto o prêmio pago pelo Tesouro Prefixado com juros semestrais 2031 tinha alta de 7,25% para 7,27% ao ano.

Confira os preços e as taxas dos títulos públicos ofertados nesta quarta-feira (27):

Fonte: Tesouro Direto

Noticiário externo

Enquanto no Brasil o clima de tensão política segue tomando conta, no exterior, investidores tiveram dia de alívio, com a atenção voltada para medidas de relaxamento da quarentena, pesquisas para o desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19, bem como novos estímulos econômicos para minimizar os impactos da crise.

Segundo um tuíte do comissário europeu Paolo Gentiloni, o braço executivo da União Europeia vai propor um novo pacote de estímulo fiscal de até 750 bilhões de euros (US$ 823 bilhões), em um esforço sem precedentes para superar a recessão.

Como ler o mercado financeiro e aproveitar as oportunidades: conheça o curso A Grande Tacada, do Fernando Góes – de graça nos próximos dias!