Renda fixa

Taxa de título público de curtíssimo prazo atrelado à inflação passa de 12% ao ano; vale a pena?

Taxas reais das NTN-Bs 2022 saíram de cerca de 5% para mais de 12% ao ano em um prazo de seis meses; vencimento do papel ocorrerá em agosto

Por  Mariana Segala -

A movimentação das taxas oferecidas por alguns títulos públicos chamou atenção dos investidores nas últimas semanas. A remuneração de papéis com vencimentos próximos aumentou com força – caso das NTN-Bs (títulos atrelados à inflação) que vencem em agosto de 2022. Na tarde dessa quinta-feira (23), a taxa encontrada para o papel em algumas plataformas de investimento passava de 12% ao ano, fora a variação do IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo).

As NTN-Bs com vencimento em 2022 não estão disponíveis no Tesouro Direto. No sistema de negociação de títulos públicos, os prazos mais curtos para títulos de inflação são a partir de 2026. Mas elas podem ser encontradas nas mesas de negociação ou plataformas de algumas corretoras.

Alguns fatores contribuíram para que a curva de juros ficasse volátil e as taxas reais (fora a variação da inflação) da NTN-B 2022 saíssem de cerca de 5% para mais de 12% ao ano em um prazo de seis meses. Em relatório, Camilla Dolle, head de renda fixa, Rodrigo Sgavioli, head de alocação e a equipe de análise de renda fixa da XP destacam que ao cenário de inflação global já elevada foram adicionados os desdobramentos da guerra na Ucrânia e dos novos lockdowns na China, com sua política de “Covid zero”.

“O IPCA, aqui no Brasil, chegou a 11,7% nos últimos 12 meses encerrados em maio e o CPI, índice de inflação norte-americano, atingiu 8,6% no mesmo período, a maior desde 1981”, diz o documento.

A taxa atual da NTN-B 2022 é muito superior à dos outros papéis de inflação disponíveis no Tesouro Direto – por lá, a mais elevada atualmente é a do Tesouro IPCA + 2055 (NTN-B 2055), que faz pagamentos semestrais de juros e está na casa dos 5,90% ao ano.

A remuneração real de mais de 12% chama atenção dos investidores. Mas considerando que o vencimento da NTN-B 2022 ocorrerá em agosto, apenas cerca de 40 dias úteis adiante, a aplicação vale a pena?

Analistas ouvidos pelo InfoMoney sugerem considerar alguns elementos na análise. Embora a taxa oferecida soe muito atrativa, o principal risco do investimento está exatamente na rentabilidade que o investidor conseguirá obter.

“O investidor receberá a taxa prefixada mais o IPCA, porém, proporcionalmente ao prazo do investimento”, diz William Carnevalle De Vuono, coordenador de riscos da Ouro Preto Investimentos. “Portanto, o maior risco nessa aplicação é de que a taxa prefixada e a inflação somadas sejam inferiores à Selic no mesmo período”. Nesse caso, o investidor deixaria de ganhar o mesmo que poderia obter em outro investimento pós-fixado, explica Vuono.

Os analistas da XP também consideram que o chamado “custo de oportunidade” em relação à Selic ou à taxa do CDI (principal referência para investimentos de renda fixa) é um dos principais riscos de um título público de tão curto prazo.

“Acreditamos que no período de dois meses entre hoje e o vencimento da NTN-B 2022 o CDI deva ser de 2%, equivalente a uma taxa anualizada de 13,2%”, escrevem no relatório. “A taxa negociada deste título atualmente é de IPCA mais 12% ao ano. Caso o IPCA anualizado do período seja de 1,2%, a NTN-B 2022 vai render exatamente o mesmo que o CDI”.

Na prática, a rentabilidade final que o investidor obteria com a NTN-B 2022 depende do patamar que o IPCA vai atingir. E especialmente nos próximos dois meses, o comportamento do IPCA será influenciado por fatores que vão bem além dos que usualmente afetam a inflação.

Um deles são as medidas que o governo federal vem propondo, nas últimas semanas, para baixar os preços dos combustíveis. É o caso, por exemplo, do projeto de lei complementar nº 18 (PLP 18/2022), que limita a alíquota de ICMS sobre bens e serviços relacionados a combustíveis, gás natural, energia elétrica, comunicações e transporte coletivo ao piso do imposto estadual (atualmente entre 17% e 18%). O PLP 18 já foi aprovado pelo Congresso Nacional. Sua entrada em vigor depende apenas da sanção do presidente Jair Bolsonaro (PL).

“Essas medidas têm forte impacto deflacionário (ou seja, de reduzir a inflação), podendo tornar o IPCA do período inclusive negativo, o que tornaria a rentabilidade do título analisado mais baixa do que o CDI do período”, dizem os analistas da XP.

Observando a curva de juros prefixada em comparação com os juros reais para o vencimento da NTN-B 2022, Daniel Onaga, analista de renda fixa da Eleven, calcula que a inflação implícita no título é de aproximadamente 0,55%. “Caso a inflação supere esse patamar, o investidor obterá um rendimento maior que o do CDI”, diz. Mas, na prática, os ganhos adicionais seriam pequenos – especialmente para quem já tem o dinheiro aplicado em outro investimento e precisaria resgatar os valores para adquirir os papéis de inflação.

Também é preciso lembrar que as alíquotas de Imposto de Renda para investimentos resgatados antes de seis meses é a mais alta da tabela regressiva, de 22,5%. “Isso consome ainda mais o retorno da NTN-B 2022 em comparação com um investimento que tivesse sido feito em um título pós-fixado, por exemplo”, diz Onaga.

A visão do analista é de que não seria preciso “gastar tanta energia” para conseguir um retorno semelhante ao da NTN-B 2022 com outras alternativas de investimento. “Por outro lado, a perda possível também não é tão grande”, destaca. Pode fazer sentido, segundo ele, para quem tem dinheiro parado na conta neste momento.

Para Vuono, da Ouro Preto, o título público em questão é um investimento adequado para quem procura manter o poder aquisitivo de uma reserva financeira. “Porém, vale salientar que a tributação será de 22,50% sobre o rendimento, visto o prazo investido”, reforça.

Os analistas da XP lembram também do risco de reinvestimento, ou a possibilidade de o investidor não conseguir reinvestir seus recursos em uma aplicação com condições iguais ou melhores que as da NTN-B 2022 depois do seu vencimento. “É importante ter o próximo passo muito bem planejado, ou seja, o que será feito com o recurso logo na sequência desse investimento”, dizem. “É preciso ter segurança sobre a oportunidade, que pode ser pontual e única, e entender que nem sempre conseguirá fazer vários desses tiros curtos ao longo do tempo”.

Calculadora de renda fixa
Baixe uma planilha gratuita que compara a rentabilidade dos seus investimentos de renda fixa:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe