Ações globais

SulAmérica lança fundo com Franklin Templeton que investe em Microsoft, Samsung e outras

Fundo aplica em diversas ações internacionais, como a Samsung, Nissan e Microsoft

SÃO PAULO – A diversificação global de investimentos é uma tendência cada vez mais relevante e importante para investidores que queiram garantir um risco menor para seus investimentos e, ao mesmo tempo, lucrar mais. Pensando nisso, a SulAmérica Investimentos, em parceria com a Franklin Templeton Investments lançou o Sul América Franklin Templeton Fundo de Investimento Multimercado com Investimento no Exterior.

Você tem dúvidas sobre como organizar suas finanças? Quer investir melhor? Cadastre-se gratuitamente no Ganhe Mais e tenha acesso a uma rede de centenas de planejadores financeiros certificados e capacitados 

De acordo com Marcelo Mello, Vice-Presidente de investimentos da SulAmérica, a grande vantagem desse fundo está justamente nas opções de mercado que ele traz para o investidor aplicar, podendo se aproveitar de tendências globais para assim trazer uma boa rentabilidade.

PUBLICIDADE

O fundo é gerido e administrado pela SulAmérica Investimentos, com política de investimento que prevê a aquisição de cotas do fundo de ações globais que é gerido pela Franklin Templeton, permitindo assim essa diversificação ao investidor.

O bechmark do fundo é o índice MSCI Global e, segundo o executivo, o fundo atualmente está mais alocado em Europa e EUA em relação ao índice. Além disso, ele está com uma alocação menor em América Latina, em linha com o índice na Ásia e um pouco maior que o índice no Oriente Médio e Ásia. Não há aplicação relevante do fundo em ações no Brasil no momento atual. “O objetivo não é criar redundância ao investidor”, aponta Mello.

Em relação às ações que fazem parte do fundo, Mello destaca o HSBC, o BNP Paribas, a Nissan, a Samsung, a Telefônica, a Microsoft e outras empresas do mundo todo do setor farmacêutico e de biotecnologia.

A escolha da Franklin Templeton como parceira da SulAmérica se deu após uma escolha criteriosa por parte da gestora brasileira, com visita a várias gestoras nos EUA, para assim escolher a alternativa que julgou mais adequada para os investidores brasileiros. O fundo já inicia suas operações com um patrimônio líquido de R$ 90 milhões, aplicado pela Franklin Templeton e pela SulAmérica em partes iguais.

A aplicação mínima no fundo é de R$ 1 milhão e ele ainda permite movimentações de R$ 500 mil ao investidor. Já a taxa de administração é de 0,75 ao ano e não existe taxa de performance. O pedido de resgate pode ser feito a qualquer momento com liquidação D+5.

Você está investindo bem seu dinheiro? Faça o teste aqui