EXPERIMENTE!

Clique e experimente a
versão rápida do

Em onde-investir / renda-fixa

Geraldo Alckmin declara patrimônio ao TSE; saiba como o candidato investe

Patrimônio milionário inclui majoritariamente imóveis, aplicações financeiras e previdência privada.

Geraldo Alckmin

SÃO PAULO - Geraldo Alckmin, ex-governador do Estado de São Paulo e candidato à presidência pelo PSDB, declarou nesta quinta-feira (9) o seu patrimônio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). 

De acordo com o político, seus bens incluem imóveis (comerciais e residenciais), investimentos e dinheiro em conta corrente que, juntos, somam R$ 1.379.131,70, valor que aumentou em 29% desde a última eleição, em 2014. Vale lembrar que os valores divulgados não levam em conta a inflação, ou seja, os bens são declarados pelo valor de compra, por isso é possível que um prédio comercial esteja listado por R$ 27.758,52 e uma casa por R$ 20 mil. 

Do total do patrimônio, 55,5% está concentrado em aplicações financeiras, 41% em imóveis e 3,5% em bens móveis. Um único imóvel, um apartamento, por exemplo, representa 23,5% dos bens do político. 

Com relação à carteira de investimentos do candidato, esta é extremamente conservadora. Do total de ativos, 91,6% está alocado em previdência privada, em VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre), e em fundos de curto prazo. Além disso, o candidato mantém R$ 33.820,67 alocados na poupança. Ainda no portfólio, as ações representam somente 0,9%, ou 0,5% do total de bens.

Confira, abaixo, onde investe o candidato Geraldo Alckmin (PSDB):

investim-alckmin

moveis-alckmin

Quer ganhar mais dinheiro que o Alckmin? Abra uma conta na XP!

Contato