Vai subir mais

Quem investiu no Tesouro Direto no começo desse ano ganhou 35%; veja como isso é possível

Investimento foi mais rentável que o Ibovespa que, no período, subiu cerca de 25%, ou que a poupança, que marca alta de apenas 4,7%

Por  Leonardo Pires Uller

SÃO PAULO – O Tesouro Direto é um investimento considerado extremamente seguro por todos especialistas no assunto. Isso acontece por causa da garantia que os títulos do programa contam, que é do governo federal, que é, em tese, o credor mais confiável que existe no país. No entanto, é possível mesclar segurança com rendimentos muito altos no caso do Tesouro Direto.

O investidor mais conservador pode aplicar no Tesouro Selic, que é um título que conta com sua variação atrelada à taxa básica de juros, que, atualmente, se encontra em 14,25% ao ano. Isso faz com que essa aplicação, por si só, já renda muito mais que a poupança e a grande maioria dos investimentos que são oferecidos pelos grandes bancos de varejo.

Contudo, o que a grande maioria dos investidores não sabe, é que é possível ganhar muito mais com os títulos do programa do governo. Até o dia 12 de julho de 2016, o Tesouro IPCA+ com vencimento em 2035, por exemplo, conta com uma alta acumulada no ano de 35,31%. Isso fez, inclusive, com que esse tenha sido o melhor investimento do primeiro semestre do ano, de acordo com levantamento produzido pelo InfoMoney.

O economista e professor do InfoMoney Educação Alan Ghani explica que essa variação acontece por conta da variação nas taxas oferecidas pelos títulos. Caso as taxas caiam, quem já comprou um título que rende mais, pode vende-lo e lucrar mais com isso. Porém, é preciso ficar atento, porque em um cenário oposto, de alta nas taxas de juros, o investidor pode sofrer desvalorização se vender o título antes do vencimento.

Em cenários onde se prevê não apenas uma queda nas taxas de juros, mas também melhora no cenário para a economia brasileira no médio prazo, como o que acontece em 2016, os títulos do Tesouro Direto apresentam forte valorização. É importante que, antes de adotar essa ou qualquer outra estratégia de investimento, o investidor sempre tente se informar o máximo possível sobre como aplicar seu dinheiro, para assim fazer as melhores escolhas e garantir a melhor rentabilidade possível.

Além disso, vale lembrar que o Tesouro Direto é um investimento extremamente acessível, uma vez que conta com baixas taxas nas corretoras independentes e seu investimento mínimo é de apenas R$ 30,00. Com uma baixa quantia, é possível se aproveitar dos lucros que esse mercado pode oferecer.

Quer saber mais sobre como lucrar muito mais com investimentos no Tesouro Direto? Assista esse vídeo em que Alan Ghani explica mais sobre a estratégia

Compartilhe