Preço da cesta básica sobe em 14 capitais brasileiras em janeiro

O Dieese divulgou hoje a Pesquisa Nacional da Cesta Básica referente ao mês de janeiro, que registrou um aumento nos preços dos gêneros de primeira necessidade em quatorze das dezesseis capitais pesquisadas. As maiores elevações ocorreram nas cidades de Goiânia (6,27%), Curitiba (5,51%) e Porto Alegre (5,19%). Por outro lado, os preços desses alimentos registraram […]

O Dieese divulgou hoje a Pesquisa Nacional da Cesta Básica referente ao mês de janeiro, que registrou um aumento nos preços dos gêneros de primeira necessidade em quatorze das dezesseis capitais pesquisadas. As maiores elevações ocorreram nas cidades de Goiânia (6,27%), Curitiba (5,51%) e Porto Alegre (5,19%). Por outro lado, os preços desses alimentos registraram queda em Recife (-1,21%) e Vitória (-1,35%).
Em janeiro, o óleo foi o único produto a registrar aumento nas dezesseis capitais que fazem parte da pesquisa, enquanto o café apresentou queda em doze cidades. O preço do tomate registrou elevação em treze capitais, com destaque para Goiânia (41,05%) e Vitória (36,14%). Também houve aumento no preço da carne e do feijão em doze localidades.
São Paulo continuou a ser a cidade com a cesta básica mais cara, atingindo R$ 123,36, seguido por Porto Alegre (R$ 120,36) e Rio de Janeiro (R$116,61). Já Salvador e Fortaleza apresentaram o menor custo da cesta básica, que pode ser comprada a R$ 90,72 e R$ 92,33, respectivamente.