Em onde-investir / poupanca

Captação da poupança atinge R$ 3,5 bi no início do mês, mostra prévia do BC

Até o dia 11 deste mês, a captação líquida estava em R$ 3,512 bilhões, resultado de R$ 51,097 bilhões em depósitos e R$ 47,585 bilhões em retiradas

superclose de cofrinho - poupança - finanças
(Getty Images)

SÃO PAULO – A procura pela caderneta de poupança continua em alta. De acordo com dados do Banco Central, até o dia 11 deste mês, a captação líquida (diferença entre depósitos e saques) estava em R$ 3,512 bilhões, resultado de R$ 51,097 bilhões em depósitos e R$ 47,585 bilhões em retiradas.

No mês passado, a poupança também havia registrado números positivos, com captação de R$ 4,409 bilhões, diferença entre R$ 44,199 bilhões de depósitos e R$ 39,790 bilhões em retiradas.

Desde o dia 4 de maio passaram a valer as novas regras de rentabilidade da aplicação: toda vez que a Selic (taxa básica de juro) estiver em 8,5% ao ano ou menos, a poupança passa a remunerar seus aplicadores com 70% da Selic mais TR (Taxa Referencial). Se a Selic estiver em mais de 8,5% ao ano, permanece a regra anterior: TR mais 0,5% ao mês.

Décimo corte seguido
Na última reunião do Copom (Comitê de Política Monetária), encerrada no dia 10 de outubro, a Selic foi para 7,25% a.a. De acordo com o Ministério da Fazenda, com a Selic neste patamar, o rendimento mensal da poupança fica em 0,41% mais TR.

 

Contato