Polícia prende suspeitos de terem assassinado empresário que ficou milionário com a TelexFree

Os suspeitos estavam usando o carro de Dorian da Silva Santos para fazer assaltos

Leonardo Pires Uller

Publicidade

SÃO PAULO – Dois homens suspeitos no assassinato do empresário Dorian da Silva Santos, conhecido por ter ficado milionário com o TelexFree, foram presos na última quarta-feira (20) em Feira de Santana (BA), afirma a Rede Bahia, afiliada da Rede Globo na região.

De acordo com a reportagem, os dois suspeitos praticavam crimes a bordo do carro da vítima, o que chamou atenção. Além disso, durante a prisão, houve troca de tiros, mas nenhuma pessoa ficou ferida.

O delegado Fabrício Alencar, responsável pelo caso, confirmou que os criminosos confessaram o crime e que o plano inicial era assaltar Dorian, por conta de sua fama de ser milionário na região. “Eles contaram que já conheciam Dorian, que ele tinha fama de milionário. Então fizeram a emboscada e praticaram o assalto, mas a vítima tinha apenas R$ 300 na carteira. Eles disseram que iam deixar ele amarrado em um armazém, mas quando ele tentou fugir, foi baleado”, relata o delegado.

Oferta Exclusiva

CDB 150% do CDI

Invista no CDB 150% do CDI da XP e ganhe um presente exclusivo do InfoMoney

E-mail inválido!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Dorian foi encontrado morto na última terça-feira (19). Ele estava com as mãos amarradas e marcas de tiros na cabeça. A TelexFree foi acusada pelo Ministério Público de realizar um esquema de pirâmide financeira e chegou a mobilizar mais de um milhão de brasileiros.