Investimentos

Planner vê alta de 60% para Petrobras, mas não recomenda compra; entenda

Os analistas ainda elogiam decisão da empresa de aumentar preço do GLP

Por  Leonardo Pires Uller

SÃO PAULO – A Planner Corretora divulgou relatório em que comenta o aumento do preço de 15% do GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) nas refinarias da Petrobras (PETR4). O impacto para o consumidor ficará entre 10% a 15% e, para os analistas, essa é uma medida positiva para a empresa.

Você tem dúvidas sobre como organizar suas finanças? Quer investir melhor? Cadastre-se gratuitamente no Ganhe Mais e tenha acesso a uma rede de centenas de planejadores financeiros certificados e capacitados 

Mesmo assim, a recomendação é de manutenção para a ação e o preço-alvo estimado para o papel é de R$ 15,00 por ação, o que totaliza um potencial de valorização de 63,22% em relação ao fechamento do dia 31 de agosto de 2015.

Os analistas explicam que a companhia vem mantendo inalterado o preço do GLP desde agosto de 2002, o que prejudicou os resultados da empresa nesses treze anos, uma vez que ela importa 30% do volume que vende.

“Em 2014, as vendas de GLP da Petrobras representaram 5,9% do volume vendido e 2,6% das receitas totais. Portanto, grosseiramente poderíamos dizer que um aumento de 15% no preço do GLP teria um impacto de 0,4% no faturamento consolidado”, calcula a Planner.

Você está investindo bem seu dinheiro? Faça o teste aqui

Compartilhe