US$ 2 trilhões sob gestão

Pimco: setores industriais e de commodities nas bolsas são a melhor forma de capturar retomada de 2021

Segundo gestora americana, mercado acionário deve se aproveitar melhor da retomada econômica de 2021 em comparação aos ativos privados de renda fixa

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A rotação de carteiras das ações de tecnologia em direção àquelas de caráter mais cíclico que ficaram para trás na recuperação dos mercados em 2020 é uma tendência que uma das maiores gestoras de recursos do planeta aposta estar apenas em seu início.

Na Pimco, asset dos Estados Unidos com cerca de US$ 2 trilhões em ativos sob gestão, a aguardada aceleração na retomada da atividade econômica global, na esteira da imunização em massa da população, faz com que os olhares estejam voltados para as bolsas de mercados emergentes, em empresas do setor industrial ou de commodities.

“O estímulo fiscal e a recuperação do mercado de trabalho devem favorecer a poupança e o consumo, beneficiando os setores de habitação e de bens de consumo duráveis”, diz a Pimco, em relatório assinado pelas gestoras Erin Browne e Geraldine Sundstrom.

Apesar desse viés mais pró-valor, as especialistas escrevem que não abandonaram a busca por oportunidades que se beneficiarão de processos disruptivos no longo prazo. “Isso inclui empresas de tecnologia, que são apoiadas por fundamentos sólidos e podem se beneficiar ainda mais das tendências seculares aceleradas pela covid-19.”

Estados Unidos e China devem seguir dominantes na tese de inovação, embora temas como energia verde na Europa e automação no Japão também estejam no radar da gestora.

Ações > Crédito

Ainda que a instituição seja conhecida pela expertise na classe da renda fixa, as gestoras da Pimco entendem que, para aquele investidor que está na dúvida se deve optar por direcionar parte das economias para ações ou crédito, a primeira é hoje a melhor opção.

Ainda que o aumento nos lucros corporativos projetado para 2021 seja positivo para ambas as classes, os papéis na Bolsa conseguem capturar melhor esse movimento. “É por isso que, historicamente, os mercados de ações geram retornos ajustados ao risco mais elevados nos estágios iniciais de um ciclo”, dizem as especialistas no relatório.

Elas acrescentam ainda que o compromisso do Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) em manter os juros baixos por um bom tempo, até que a inflação volte a subir, também joga a favor das ações, que “parecem atraentes” tendo em vista que os juros reais baixos, ou até negativos, devem permanecer por um longo período.

China e Peru

PUBLICIDADE

De todo modo, é preciso também um olhar atento para identificar os setores que ficaram para trás nos últimos meses, mas com potencial para se recuperar, e aqueles que ainda podem seguir sob condições adversas por mais algum tempo.

Por conta disso, a Pimco diz manter visão cautelosa em relação às empresas de transportes e de turismo.

Além disso, apesar do cenário traçado de recuperação da economia, a gestora entende que o processo será uma “longa escalada, com tropeços”, e prevê que o patamar em que a economia global estava antes da pandemia só deve ser retomado em meados de 2023.

“Os dois principais fatores de risco – contenção do vírus e apoio da política fiscal – influenciarão muito o processo de recuperação”, escrevem as gestoras, acrescentando que o risco de alta da inflação também tem sido monitorado.

Para se proteger dos riscos inerentes ao negócio, a Pimco acredita que, por menor que seja o retorno oferecido hoje em dia, os títulos soberanos dos Estados Unidos correspondem ao lugar no qual o investidor deve estar no meio de uma tempestade.

“Os treasuries americanos têm mais espaço para andar do que quase todos os bonds de mercados desenvolvidos”, dizem as gestoras, no documento.

De toda forma, para aproveitar também os momentos de euforia que certamente virão, vem bem a calhar papéis de governos emergentes que melhor surfarão esses dias, tais como China e Peru, na avaliação da gestora americana.

Quer migrar para uma das profissões mais bem remuneradas do país e ter a chance de trabalhar na rede da XP Inc.? Clique aqui e assista à série gratuita Carreira no Mercado Financeiro!

PUBLICIDADE